PM fecha o cerco e intensifica ações para apreender motos barulhentas

blank
Foto: Carangola Notícias
A Polícia Militar de Carangola intensificou nesta semana as ações para apreender e multar motos barulhentas que transitam pela cidade. Os veículos tem as características originais alteradas para, propositalmente, aumentar o barulho do escapamento.

A ação se deu após inúmeras reclamações de moradores de Carangola e o comando da 75ª Cia PM recomendou à tropa a “tolerância zero” às motocicletas barulhentas, aplicando as penalidades do Código de Trânsito Brasileiro. Só nos últimos dias já foram dezenas de condutores de motocicletas autuados, sendo várias motocicletas apreendidas.

O CTB estabelece que motocicletas apropriadas para trilhas são terminantemente proibidas a transitar na área urbana. Vale ressaltar, também, que mesmo sem o decibelímetro para aferir o ruído, o policial pode e deve fazer valer o que prevê o CTB quanto à modificação de características do veículo (escapamento) em desacordo com o estabelecido.

O que prevê o CTB?

Não importa o tipo de alteração que você faça em sua motocicleta, é preciso que elas sejam feitas de acordo com as normas previstas por lei.

Entretanto, a maioria dos casos de multa por ruído excessivo de moto acontece porque quem modificou o escapamento do veículo não obedeceu o previsto pela legislação.

O CTB (Código de Trânsito Brasileiro), em seu Art. 230, inciso VII, prevê que conduzir veículo com sua cor original ou outra característica alterada (como o escapamento, por exemplo) constitui infração grave.

As penalidades previstas para a conduta são: multa de R$ 195,23; cinco pontos na carteira; retenção do veículo até que a situação seja regularizada. Não sendo possível regularizar a situação no local, o veículo é apreendido e removido ao pátio credenciado.

Por isso, é preciso respeitar as características originais de sua moto, para não ter problemas com a fiscalização.

O inciso XI, do mesmo artigo, também prevê como infração grave a conduta de conduzir veículo com descarga livre ou com o silenciador do motor estragado ou em desuso.

A descarga livre acontece quando ela funciona apenas por um cano e não tem nenhum abafador ou silenciador. Isso torna o barulho do escapamento muito mais alto.

As penalidades previstas para essa conduta são as mesmas descritas acima para o parágrafo VII.

Além de multa e apreensão do veículo, o condutor poderá responder pelo crime de perturbação do sossego que pode ter cometido contra vítimas (moradores) que solicitem providências.

Fonte: Carangola Notícias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre