Polícia Civil desarticula esquema de entrada de drogas em penitenciária de Juiz de Fora



Na quarta-feira (7), a Polícia Civil de Minas Gerais, em ação conjunta com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), desarticulou um esquema de entrada de drogas na Penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora, após cinco meses de investigação. Vinte e cinco detentos foram presos em flagrante por tráfico, associação para o tráfico e associação criminosa para prática de outros crimes. Em duas celas foram encontrados celulares e drogas.

Durante a ação, três pessoas foram presas fora da unidade prisional, entre eles uma jovem de 18 anos e dois homens, de 19 e 30 anos. Apurações apontam que o investigado mais velho, durante a madrugada, lançava uma linha para dentro de uma cela no interior da penitenciária, e assim os presos recebiam aparelhos telefônicos e drogas. Na sequencia, os detentos distribuíam os objetos para outra cela.




Os outros dois presos, a princípio, não teriam envolvimento com a entrada da droga e dos celulares no presídio, mas estariam envolvidos na pratica de outros crimes juntamente com o autor de 30 anos.

Conforme informações do Delegado Rogério Woyame, no total, foram apreendidos 34 celulares e cerca de 150 gramas de drogas. Segundo ele, a operação foi possível após investigações que se iniciaram no 4º Departamento de Polícia Civil de Juiz de Fora (4º DEPPC), a pedido do Chefe do 4º DEPPC, Delegado-Geral Carlos Roberto da Silveira Costa.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.