Home / Notícias / Região / Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida com tráfico e homicídios em Viçosa

Polícia Civil desarticula quadrilha envolvida com tráfico e homicídios em Viçosa

A Polícia Civil, por meio do 4º Departamento de Juiz de Fora (4º DEPPC) e da Delegacia de Viçosa – em operação conjunta com a Polícia Militar-, cumpriu, na última quarta-feira (7), seis mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão em desfavor de um homem de 27 anos, conhecido como “Willian Urubu”. Investigações apontam que a quadrilha liderada por “Urubu” é responsável por diversos crimes de homicídio e tráfico de drogas na região.

Os policiais deflagraram operação, no Bairro Santa Clara, onde ele possui vários imóveis próprios e alugados e ainda com estruturas luxuosas: como piscinas cobertas por teto retrátil, acabamento de porcelanato, entre outras. A ação culminou na apreensão de diversos bens, entre eles, um veículo branco – Fiat Punto T-Jet- e uma motocicleta branca – Yamaha XTZ 660 -, bem como televisores, aparelhagem de som, entre outros materiais.




Segundo informações do delegado Felipe Fonseca Peres, no dia 18 de setembro, outro integrante do grupo, um jovem de 20 anos, também foi preso por policiais militares, no Bairro Santa Clara, no município de Viçosa. Conforme apurações, ele seria o “braço direito” do líder. Com o suspeito foram localizadas dinheiro, arma e munições.

Segundo ele, as investigações continuam e, em breve, o inquérito será enviado à Justiça. Participaram da ação e investigações o delegado Felipe Fonseca Peres, os investigadores José Maxmiliano Cardoso, Marcos Luiz Mendes Fontes, David Castro, Vicente Dorneles Lopes, Márcia Maria Moraes, Estael de Oliveira e Sergio da Rosa, bem como os escrivães André Luiz Moreira, Anderson Saraiva de Freitas, Isidoro Luiz Abranches da Silva e Carlos Augusto Leandro.

Fonte: 4º DEPPC





Confira também

Preso em Divino acusado de estuprar duas crianças

Na terça-feira (7), a Polícia Militar recebeu denúncia de que havia um foragido da Justiça, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre