Polícia Militar fecha no Centro de Cataguases ponto de jogo do bicho

O Major Antônio Carlos Freitas, comandante da Polícia Militar em Cataguases, comandou uma ação na Praça Rui Barbosa, na tarde desta sexta-feira, 5, quando fechou um ponto de apostas de jogo de bicho. O local fica próximo à Lanchonete 4 Estações. Com ele estavam os policiais Ítalo, Dionísio e Assis.

Eles entraram no local, que estava aberto e vazio, onde estava uma escrivaninha com gavetas que não estavam trancadas e encontraram cerca de 200 reais em dinheiro, blocos de apostas para jogo de bicho, resultados de jogos, um aparelho celular, um caderno de anotações. Tudo foi apreendido pelos policiais que não encontraram o responsável pelo ponto de apostas. De acordo com a PM possivelmente a pessoa que trabalhava naquele local, fugiu ao perceber a aproximação da Polícia.

O Jogo de bicho deixou de ser contravenção penal ano passado e agora é tipificado como crime de lavagem de dinheiro. As penas podem variar entre três e dez anos de reclusão, com a possibilidade de serem elevadas em até dois terços, em caso de reincidência, e reduzidas na mesma proporção se o acusado colaborar com as investigações.

Fonte: Marcelo Lopes


Um Comentário

  1. COMO VIVO NUM PAIS DE *DEMOCRATICO DE *LIVRE EXPRESSAO* DIGO :
    1 – JOGO DE BICHO – ESTE TIPO DE JAGATINA EXISTE A MAIS DE 100 ANOS, MINHA BISAVÓ FAZ UMA FEZINHA ATÉ HOJE.. #VIROU CRIME#
    2 – RODEIO – MAUS TRATOS #CRIME# – O BOI TEM QUE MORRER PRA TERMOS CARNE.
    3 – BRIGA DE GALO – MAUS TRATOS #CRIME# O FRANGO TEM QUE MORRER PRÁ TERMOS CARNE. JÁ PENSOU O PEIXE.., MORRER SEM OXIGENIO ?
    4 – BEIJAR EM LUGAR PUBLICO – ATENTADO AO PUDOR – #CRIME#
    5 – O TOMATE IR A +150% ? CLIMA É O CULPADO
    AFINAL, O QUE SE DIGA, EXPRESSE É RACISMO, DANOS MORAIS E POR AÉ VAIIII. SERÁ QUE VIVER É CRIME ? DIREITO A ESTUDO ? SAUDE ? É CRIME. ALIÁS JÁ NASCEMOS CRIMINOSOS, PQ CHORAMOS QUANDO NASCEMOS NO HOSPITAL E JÁ COMETEMOS O CRIME DE PERTUBARÇAO. NÃO SERIA MAIS FÁCIL R E G U L A M E N T A R ESSES DITOS CRIMES ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo