Romeu Zema participa de apresentação de aplicativo para turistas na Zona da Mata

Toda a diversidade turística e cultural do Circuito Serras e Cachoeiras na palma da mão dos usuários. É a partir dessa ideia que o aplicativo para smartphones “Partiu Circuito Serras e Cachoeiras” está sendo desenvolvido. A iniciativa foi apresentada ao Governador Romeu Zema nessa quarta-feira (14/7), durante evento em Argirita, município na Zona da Mata Mineira e que integra a Instância de Governança Regional (IGR) Circuito Turístico Serras e Cachoeiras.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), apoia o projeto, que tem o objetivo de organizar o oferecimento de serviços em uma ferramenta virtual para turistas. O evento também contou com a presença do secretário Adjunto de Cultura e Turismo, Bernardo Silviano Brandão, do secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, do secretário de Saúde, Fábio Baccheretti, do prefeito de Argirita e do presidente da IGR Circuito Turístico Serras e Cachoeiras, Alex Andrade Anzolin.

Para o governador Romeu Zema, a iniciativa é uma grande vantagem durante o processo de retomada das atividades do setor. “Nós sempre priorizamos a criação de empregos e, talvez, não haja setor melhor para se gerar postos de trabalho do que o de Turismo, que é a considerado a indústria limpa. E Minas guarda motivos de sobra para termos, aqui, essa indústria muito bem desenvolvida”, destacou.

O governador pontuou, ainda, que a consolidação do aplicativo e a consequente adesão de municípios à plataforma servirá de estímulo à atividade do setor na região, além de potencializar as características mais marcantes da experiência turística em Minas Gerais.

“Estamos entre os dez destinos mais acolhedores do mundo. Somos um povo que sabe receber. Somos o estado que mais tem cidades históricas. Temos uma gastronomia que talvez seja a melhor do Brasil, e uma das melhores do mundo. Desenvolvimento é uma tarefa árdua, de décadas, e que exige disciplina constante”, disse Romeu Zema.

Turismo, Cultura e diversidade

Ainda em fase de desenvolvimento, o aplicativo “Partiu Serras e Cachoeiras” será uma ferramenta de promoção da IGR Circuito Serras e Cachoeiras. Atualmente, são 16 municípios associados à Instância de Governança Regional e cada uma das cidades reúne características distintas e diversas. Para o secretário adjunto de Cultura e Turismo, Bernardo Silviano Brandão, o apoio é fundamental para o constante desenvolvimento das potencialidades turísticas de Minas Gerais.

“Além de criar interação entre os próprios municípios e fazer com que todos os produtos turísticos estejam embalados no mesmo pacote, o projeto dá uma visibilidade maior para a região, que tem muitas belezas naturais. Isso fica evidente quando uma IGR cria ferramentas para divulgar o seu trabalho, para que turistas de dentro e fora do Brasil tenham acesso com facilidade”, ressaltou.

Os municípios da IGR Serras e Cachoeiras, além de outras cidades e circuitos do estado, já contam com uma ferramenta gratuita para a promoção turística: o Portal Minas Gerais. As informações são da Plataforma Integrada de Turismo, iniciativa da Secult que reúne dados atualizados constantemente pelos gestores municipais.

O aplicativo da IGR trará ainda mais facilidade aos turistas, uma vez que ampliará a divulgação dos destinos e dos atrativos da região, promoverá maior integração desses locais e democratização da informação turística disponível, estimulando a fidelização dos visitantes.

No Circuito Serras e Cachoeiras, fazem parte da diversidade turística da região da Zona da Mata 33 destinos de diversos tipos, com cachoeiras, morros, picos e serras. Além de Argirita, a IGR é composta pelas cidades: Além Paraíba, Astolfo Dutra, Cataguases, Dona Euzébia, Itamarati de Minas, Guidoval, Laranjal, Leopoldina, Palma, Piraúba, Recreio, Rodeiro, Santo Antônio do Aventureiro, São Sebastião da Vargem Alegre e Volta Grande.

Estímulo, desenvolvimento e parcerias

O aplicativo está sendo elaborado por uma empresa contratada pela Instância de Governança. O lançamento da plataforma está atrelado à adesão dos municípios que compõem a IGR. De acordo com o prefeito de Argirita, Alex Andrade Anzolin, essa articulação entre as cidades será muito importante para que, tão logo o app esteja disponível para download, o turismo da região se fortaleça na mesma medida em que se desenvolve.

“Hoje temos 16 cidades com 16 pessoas que pensam diferente. A função do circuito é trazer essa organização e divulgar todos os municípios e seus potenciais. Para além de fortalecer nossas atividades, a adesão a esse aplicativo estimula que os profissionais que integram a rede de Turismo nas cidades se cadastrem no Cadastur, que é uma obrigatoriedade para pontuar no ICMS Turístico. O Turismo se torna mais forte quando é regional”, destaca o prefeito de Argirita.

O chefe do Executivo municipal também explica que, no contexto de pandemia, faz-se ainda mais importante contar com o apoio do Governo do Estado. “O Turismo foi o setor mais afetado na pandemia, mas também será a mola mestre na retomada”, observa.

O aplicativo Partiu Circuito Serras e Cachoeiras será apresentado formalmente aos gestores municipais do Circuito Turístico Serras e Cachoeiras na próxima semana, durante evento que será promovido também em Argirita. Na reunião, agendada para terça-feira (20/7), estarão presentes representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM), da Associação Mineira de Municípios (AMM), bem como integrantes da IGR Serras e Cachoeiras.

Fonte: Agência Minas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo