Secretaria de Saúde de Cataguases implanta o Protocolo de Manchester na rede pública

Roseni Moraes, coordenadora geral da enfermagem

A Secretaria Municipal de Saúde de Cataguases está implantando na rede pública o Protocolo de Manchester, que tem como objetivo dar prioridade aos serviços de urgência e emergência. De acordo com os sintomas que o paciente apresenta, a máquina Trius apresenta uma cor, que caracteriza a necessidade de atendimento daquele paciente. Por exemplo, vermelho indica um caso “emergente” e o paciente deve ser atendido imediatamente, laranja revela que o caso é “muito urgente” e o prazo para o atendimento é de no máximo dez minutos, amarelo mostra que é “urgente” e o paciente pode esperar até sessenta minutos, verde revela que é “pouco urgente” e a espera é de até 120 minutos, azul mostra que é “não urgente” e o prazo para o atendimento é de 240 minutos.

O Protocolo de Manchester é um projeto do Governo Federal e, de acordo com as Resoluções 3509 e 3510 de 2012, “a orientação é para que seja incluído no plantão da equipe durante 24 horas todos os dias do mês um profissional que seja Triador de Manchester”, informou Roseni Moraes (foto), coordenadora geral da enfermagem. Segundo ela “este profissional deve ser um enfermeiro capacitado, treinado e cadastrado no sistema do Governo Federal para desempenhar a função. Em Cataguases já são dezoito Triadores, sendo que quatro atuam no SUS e o restantes nos PSF´s. Outros enfermeiros já estão sendo capacitados”, revelou Roseni.

Fonte: Paulo Victor Rocha


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo