Home / Notícias / Região / UFV divulga nota sobre operação da Polícia Federal no campus Viçosa

UFV divulga nota sobre operação da Polícia Federal no campus Viçosa

A Universidade Federal de Viçosa (UFV) recebeu, na manhã desta quarta-feira (20), uma operação da Polícia Federal para apurar a suspeita de que servidores do campus Viçosa estariam fraudando o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) e desviando gêneros alimentícios destinados ao Restaurante Universitário.

A operação “Recanto das Cigarras” mobilizou cerca de 70 policiais federais, que cumpriram 15 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva, oito mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar esclarecimento e depois é liberada), além de interrogatórios e exames periciais.

Diante da repercusão do caso, que foi notícia em jornais e portais na Internet, a UFV divulgou uma nota sobre a operação no campus Viçosa.




Confira a nota na íntegra:

A ação da polícia foi resultado de denúncias encaminhadas pela UFV. O encaminhamento de tais denúncias se deve ao fato de que cabe à Polícia Federal as averiguações e os levantamentos em casos desta natureza nas instituições federais.

Com o desejo de que tudo seja elucidado o mais rapidamente possível, a administração da Universidade está prestando todas as informações solicitadas pela Polícia Federal, colocando-se à disposição para quaisquer esclarecimentos. A reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares afirma que a administração da Universidade Federal de Viçosa sempre zelou pela gestão de seus recursos orçamentários e patrimoniais e que, em função disso, tem adotado as medidas necessárias para que haja maior controle não apenas no Restaurante Universitário, mas também em todos os outros ambientes da Universidade.




O chefe da delegacia da Polícia Federal de Juiz de Fora, Ronaldo Campos, ressalta a colaboração da UFV nas investigações. Segundo ele, a operação já realizou mandados de busca e apreensão, condução coercitiva e prisões preventivas, convertidas pela justiça em prisão domiciliar. O delegado explica que a operação continuará nos próximos dias, envolvendo interrogatórios e exames periciais e contábeis nos estoques não perecíveis, nas câmaras frias e no estoque semanal do Restaurante Universitário.

Vale destacar que a delegacia da Polícia Federal de Juiz de Fora é responsável pela circunscrição que envolve 127 municípios, inclusive Viçosa.




Fonte: Agência Brasil / UFV

Confira também

Conselheiro tutelar é alvo de investigação por pornografia infantil

Na última terça-feira (20), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandado de busca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *