Menina de Manhuaçu está internada em Muriaé e precisa de doação de sangue

Toda quarta-feira o Posto Avançado de Coleta de Sangue de Muriaé realiza coleta de doação de sangue Centro Estadual de Atenção Especializada (CEAE) no antigo “Viva Vida/Hiperdia” que funciona próximo ao Hospital São Paulo. A doação pode ser feita das 7h30 às 15h.

Esta quarta-feira o chamado especial é para doação para a pequena Sophia Pereira Zine, de 5 anos. Moradora de Manhuaçu, ela está internada no Hospital do Câncer de Muriaé, após ter sido diagnosticada com leucemia. Sophia precisa de 10 doadores com urgência. Independente do grupo sanguíneo, todos podem doar (confira abaixo quem está apto a doação).

Para doar, a pessoa deve estar em boa condição de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg, não estar em jejum, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter contraído hepatite após os 11 anos e não ter comportamento de risco para doenças transmissíveis.

O secretário Municipal de Saúde, Paulo César de Oliveira, destaca que a doação é fundamental para garantir a disponibilidade de componentes sanguíneos para os pacientes que necessitam de transfusão. “O sangue não tem substituto e, por isso, a doação é fundamental. Fazemos um apelo à população para comparecer ao CEAE e colaborar. Ao doar sangue, a pessoa estará doando vida”, diz.

O que é preciso para doar sangue

* Estar em boa condição de saúde;
* Apresentar documento oficial de identidade com foto;
* Ter entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão levar autorização e cópia da Carteira de Identidade do responsável;
* Pesar no mínimo 50kg (com desconto de vestimentas);
* O limite de idade para a primeira doação é de 60 anos;
* Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
* Ter dormido pelos menos seis horas antes da doação;
* Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
* Não fumar pelo menos duas horas antes da doação.

Impedimentos temporários

* Gripe;
* Gestantes ou mães que amamentam bebês com menos de 12 meses;
* Até 90 dias pós-aborto ou parto normal e até 180 dias após cesárea;
* Ter feito tatuagem ou acupuntura nos últimos 12 meses;
* Exposição à situação de risco para AIDS (múltiplos parceiros sexuais e parceiros usuários de drogas);
* Herpes labial;
* Ter feito endoscopia a menos de seis meses.

Impedimentos definitivos

* Doença de Chagas;
* Hepatite após os 11 anos de idade;
* Portador de HIV, hepatite C, hepatite B e usuários de drogas injetáveis.

Intervalos que devem ser respeitados entre as doações

* Mulheres: período de 90 dias, tendo tido, no máximo, três doações nos últimos 12 meses;
* Homens: período de 60 dias, tendo tido, no máximo, quatro doações nos últimos 12 meses.

Fonte: Guia Muriaé, com informações da PMM


3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre