Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / SES-MG capacita profissionais para atendimento à população de rua em Muriaé

SES-MG capacita profissionais para atendimento à população de rua em Muriaé

Cerca de 120 profissionais foram capacitados em oficina

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio da Coordenação de Saúde Mental, promoveu nesta quarta-feira (10), em Belo Horizonte, a oficina de alinhamento técnico do Território Aliança. O projeto, que faz parte do Programa Aliança pela Vida, foi inspirado no consultório de Rua do Ministério da Saúde e irá prestar atendimento a moradores de rua.




De acordo com o consultor da SES-MG e Coordenador Geral do Projeto Território Aliança, José Eduardo Amorim, o alinhamento é necessário para minimizar as distâncias e as diferenças existentes na abordagem do assunto. “Em Minas, temos várias pessoas, de regiões distintas, com diversas situações vividas em seus municípios. Precisamos tecer conceitos e práticas para atendermos esta demanda sem ignorar as diversidades. O nosso desafio é equilibrar aquilo que pode ser um referencial para todos nós e aquilo que temos que respeitar como diferencial de cada região, de cada município e de cada indivíduo”.

Durante a reunião, cerca de 120 profissionais foram capacitados para desenvolver atividades com abordagem social, intervenções de promoção da saúde, encaminhamentos e acompanhamento das ações empreendidas junto a usuários de álcool e outras drogas em situação de vulnerabilidade pessoal e social. Cerca de 20 instituições não governamentais irão executar o projeto piloto Território Aliança em Minas.

As técnicas de abordagens e informações sobre a implantação do projeto foram explicadas pela psicóloga e Coordenadora do Território Aliança em Juiz de Fora, Tatiana Tavares. “As equipes que irão para as ruas, serão compostas por enfermeiros, assistentes sociais e técnicos e irão atuar em horários alternativos, em cenas de uso ou residências (sob demanda prévia e/ou anuência formal), objetivando a construção de possibilidade de acesso a serviços para os usuários e população de rua, além da interação e suporte as famílias”, explicou.




Para a Presidente da Associação de Acolhimento de Dependentes químicos e Familiares (ADQF) em Governador Valadares, Ana Godoy, a oficina possibilitou conhecer novas formas de contatos e abordagens dos usuários de álcool e outras drogas. “A população em situação de rua está muito vulnerável e esta capacitação é de suma importância para atendermos a demanda de saúde dessas pessoas. A realidade hoje é outra, antes esperávamos os pacientes nos procurar e agora estamos aprendendo como chegar até eles”, finalizou.

Além de Muriaé, o projeto foi implantado em Belo Horizonte, Betim, Campo Belo, Caratinga, Contagem, Esmeraldas, Francisco Sá, Governador Valadares, Juiz de Fora, Oliveira, Uberaba e Montes Claros.




Aliança pela Vida

Em 2011, o Governo de Minas lançou o Programa Aliança pela Vida com o objetivo de fortalecer, de maneira sistêmica, a luta contra as drogas, desenvolver ações e medidas de enfrentamento aos problemas relacionados ao consumo e tráfico, sobretudo o crack. O Programa é uma parceria entre diferentes entes do Governo, municípios e entidades da sociedade civil.

Entre as ações do Programa estão o curso de especialização em Gestão e Ações intersetoriais sobre álcool e outras drogas, com previsão de início para o 2º semestre de 2013 e a concessão de financiamento para tratamento de usuários de álcool e outras drogas por meio do Cartão Aliança pela Vida.

Fonte: Agência Minas

Confira também

Moradora do bairro Aeroporto recebe cadeira de rodas

A Prefeitura de Muriaé, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, cedeu uma cadeira de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *