Home / Colunas / Henrique Lourenço / Coluna do Henrique Lourenço – Torne-se um especialista em consumidor

Coluna do Henrique Lourenço – Torne-se um especialista em consumidor

Já foi a época que o cliente ia à loja procurar produto, hoje o que importa para ele é muito mais que isso. Tudo o que o cliente quer é solução de tempo, trabalho, conforto ou praticidade, sendo que o cliente procura isso nos produtos da sua loja.

Ir às compras hoje em dia é uma missão, muitos programam o que querem antes de sair de casa para não ser impulsionado pelo ambiente de loja. Mas quando o estabelecimento atende as necessidades reais do seu cliente, esse fideliza o comprador, independente dos produtos que deseja.

Falamos já de ambiente de loja, comportamentos de consumidor e interesses de compra. Mas isso é um despertamento para nós como empresários começarmos a olhar nós como clientes dentro do próprio estabelecimento. Existem cada vez mais opções para o cliente comprar, o campo virtual tem espaço suficiente. Fazer o que todo mundo faz bem, é o princípio para alcançar qualquer resultado.




Clientes hoje em dia visitam pontos comerciais durante toda a semana, com a facilidade de crédito, o dia certo para seu cliente visitar a loja é todo dia, pois não tem mais a espera de receber seu pagamento. A tendência pede que empresários vigiem mais os pontos esquecidos da loja, onde não há rotatividade, produtos são esquecidos, clientes não circulam mais na loja como antes. É característica do empresário ter uma resistência à mudança, hoje você pode fazer diferente no ambiente que trabalha.

Não é comum encontrarmos homens fazendo encomendas em padarias de salgados, tortas, doces e pães. Tal função representada em sua maioria por mulheres pode sofrer alterações, quando então na dificuldade do tempo o marido tenha que realizar a encomenda. Essa mudança de perfil em todos os setores de sua empresa é possível observar. É sofrido para o cliente mudar a rotina de compra, passar a desembolsar algo que não fazia parte de consumo. Tal padaria pode entender essa compreensão para oferecer e ajudar o consumidor a encontrar o que precisa, seja de quantidade, decoração e afins. Caso a empresa opte por não fazer e conforme ele vai percebendo um gasto significativo, ele pode tornar mais confortável a procurar outro estabelecimento que tenha um serviço diferente do seu. Venda informações, a concorrência vence quando tem mais opções, e torta eficiente a compra do cliente.

Antever a necessidade de nosso consumidor para qualquer serviço é a medida certa. Hoje pra viajar você planeja para onde vai, com que dinheiro, com que roupa, quantos dias ficar e por aí vai. Isso é prevenção, e o mesmo deve fazer, preparando para compreender melhor o que interessa seu cliente. Descubra as categorias top, os produtos destaque, a oferta apaixonante, o serviço que só você sabe fazer. E assim você é bem sucedido.




Autor: Henrique Lourenço – Administrador, gerente comercial do Supermercado Lourenço, professor e ministra cursos, palestras e workshops sobre Marketing, Empreendedorismo, Gestão de Negócios e Finanças pessoais




Confira também

Coluna do Henrique Lourenço – Margem, um indicador aliado de qualquer empreendedor

Você quer lucro ou margem? Henrique, tem como ser os dois? É claro, indicadores da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *