O que pode ser feito para prevenir o suicídio?

O mês de setembro é o mês escolhido para a campanha de prevenção ao suicídio, e a pergunta que mais fica em nossa mente é: como prevenir o suicídio? Será que tem como?

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo, e para cada suicídio são contabilizadas outras 11 tentativas.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública mundial, e precisa ser cuidado. Pessoas que apresentam comportamento ou pensamento suicida vivenciam um sofrimento intenso, somado a uma sensação de falta de sentido em suas vidas.

Meu nome é Jessica Peres, sou psicóloga há quatro anos trabalhando com atendimento clínico ajudando pessoas a reencontrarem seu sentido de vida.

Primeiro gostaria de dizer a você que o julgamento é a pior forma de auxiliar alguém nesse momento.

Na maioria das vezes, uma pessoa que comete suicídio, já falou sobre essa vontade em algum momento de sua vida, o problema é que às vezes ela não recebe apoio, e o pior, ainda escuta vários julgamentos.

Não é falta de Deus, e muito menos para chamar atenção!

A pessoa que pensa em atentar contra sua própria vida está vivenciando um sofrimento intenso, incontrolável e inescapável, e ao invés de julgamentos, ela precisa de acolhimento, escuta e orientação.

Mas afinal, o que podemos fazer para prevenir o suicídio?

A primeira coisa que podemos fazer é indagar essa pessoa onde dói, o que é esse sofrimento e como ele é, escutando, acolhendo e validando o que ela sente. Assim, estaremos contribuindo para que a pessoa fale sobre esse sofrimento, sem que tenha que ouvir julgamentos sobre o que está passando.

Além disso, devemos orientar para que ela busque por ajuda de profissionais de saúde mental, que são os profissionais mais capacitados para o manejo dessa situação. Há também, um telefone disponibilizado pelo Centro de Valorização da Vida, para acolhimento e orientação a qualquer momento do dia. O número do CVV é o 188, e o site é: https://www.cvv.org.br/.

Há saída para esse sofrimento. Se tem vida, tem jeito!

Espero que tenha gostado deste texto, e que ele lhe seja útil. Compartilhe com os amigos para que eles também saibam como ajudar, e também busquem por ajuda.

Um forte abraço, e para um contato mais próximo comigo, deixo minhas opções de contato abaixo:

Consultório Virtual:
https://www.psicologiaviva.com.br/psicologos/psijessicacrperes/

Instagram:
https://www.instagram.com/psi.jessicacrperes/

WhatsApp:
(32) 98896-2531

E-mail:
[email protected]

REFERÊNCIA

Conselho Federal de Psicologia. O Suicídio e os Desafios para a Psicologia. Brasília: CFP, 2013.

Autora: Jessica Caroline Ramos Peres, Psicóloga Clínica CRP 04/47364


Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre