Personalidades de Muriaé – Geraldo Starling Soares

Nascido em 15 de março de 1911, Geraldo Starling Soares fez seus estudos secundários no Instituto Propedêutico de Ponte Nova, Minas Gerais. Cursou a Escola de Direito de Minas Gerais, tendo colado grau em 1933.

Em 08 de janeiro de 1934, foi nomeado Promotor de Justiça da Comarca de Prata, Minas Gerais, sendo promovido, posteriormente, para as Comarcas de Uberlândia e Muriaé, cargo que exerceu até outubro de 1938. Em Uberlândia, foi Professor de Geografia no Ginásio Mineiro e ainda professor de Direito Comercial da Universidade de Uberlândia.

Em 14 de outubro de 1939, foi nomeado Prefeito de Muriaé, aqui permanecendo até 1945, quando foi nomeado Prefeito do Município de Passos, cargo que exerceu até dezembro de 1946. Em 1947, foi eleito Deputado à Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Exerceu o seu mandato de quatro anos; ali sendo designado membro da grande Comissão Constitucional e da Comissão de Justiça onde lavrou grande número de pareceres em atuação exigida naquela comissão.

Em 1951, já postulando sua reeleição foi nomeado Chefe de Polícia do Estado de Minas Gerais, exercendo cumulativamente, a partir de 1952, o cargo de Secretário do Interior e Justiça do Estado. Participou do Primeiro Congresso Nacional de Chefes de Polícia do Brasil, realizado no Rio de Janeiro, tendo defendido a tese que lhe foi destinada sobre “O Poder de Polícia e o Direito de Livre Associação”.

Em 1954, foi eleito Diretor do Banco de Crédito Real de Minas Gerais, cargo que exerceu até que foi eleito para Deputado Federal. Na Câmara Federal, foi designado para compor a Comissão de Legislação Social e interinamente Vice-Líder da Maioria. Neste cargo, foi o responsável pelas assinaturas e aprovação do Projeto de Lei que transferiu a capital federal do Rio de Janeiro para Brasília. Ainda em 1955, foi eleito, por unanimidade, Presidente da Federação Carioca de Futebol, cargo que renunciou para assumir a Presidência do Conselho Nacional dos Desportes, onde permaneceu, como igualmente o fez como Deputado Federal, até 1958, quando foi nomeado Ministro do Tribunal Superior do Trabalho.

Exerceu o cargo de Vice-Presidente do Tribunal entre 1974 e 1976, de Corregedor Geral do Trabalho e de Presidente do Tribunal Superior do Trabalho entre 1979 e 1980. Aposentou-se em março de 1981.

Enquanto morou em Muriaé, mesmo antes de ser designado para a prefeitura, soube arrebanhar a amizade de todos. Muito simpático e solícito, participava intensamente de toda vida social do município. Como Prefeito, trouxe grande número de melhorias para Muriaé como: o prédio dos Correios e Telégrafos, o Relógio da Praça João Pinheiro, doou o terreno do Muriaé Tênis Clube, criou a primeira feira livre, criou a Biblioteca Pública, a Exposição Agropecuária e Industrial, a Gazeta de Muriaé, calçou diversas ruas, ornamentou as Praças do Rosário e José Henrique Hastenreiter. Durante seu mandato, trouxe a Muriaé o então Presidente Getúlio Vargas e o Governador Benedicto Valladares. Saiu daqui contra sua vontade, pois, dizia que amava muito a cidade.

Geraldo Starling faleceu no dia 17 de agosto de 1994, aos oitenta e três anos de idade. Como homenagem, temos, em Muriaé, no bairro São Francisco, uma rua que leva seu nome pelo decreto nº 278/76.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal


2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre