Personalidades de Muriaé – Renato Guarino

Renato Guarino nasceu na cidade de Muriaé, exatamente na histórica Praça João Pinheiro, no dia 10 de outubro de 1916. Neste local, passou de sua infância e juventude até o último dia de sua vida, pois, amava sua terra natal, sua gente e sua história.

Era filho dos italianos José Guarino e Serafina Datoli Guarino, que já estava grávida dele quando desembarcou no Brasil. Aqui, formaram uma família numerosa, de tradição e de exemplo para as futuras gerações. Renato tinha oito irmãos: Nicolino, Maria (conhecida como Dona Cotinha), Carmelita, Danilo, Giselda, Hilda, José e Letízia.

Renato começou a trabalhar aos 10 anos de idade, na antiga Casa Vesúvio, grande estabelecimento comercial localizado ali ao redor da Praça e fundado em 1910 por seus pais. Nesta época, ele também estudava no Atheneu São Paulo, hoje Escola São Paulo. Por ser um garoto muito inteligente e comunicativo, sempre era escolhido para participar das festividades escolares, já com uma voz marcante, cantava e emocionava a todos com suas apresentações que eram, muitas vezes, elogiadas pelo então diretor Mário Ururahy Macedo.

Mais tarde, a Casa Vesúvio passou a se chamar Casa Guarino, e Renato, sempre à frente, transformou-a em um tradicional e sólido estabelecimento comercial conhecido em toda a cidade. Muriaeenses que fizeram parte de uma época um pouco mais remota, devem se lembrar da Villa Guarino, grande construção ao lado do tradicional Grande Hotel Muriahé, na Praça João Pinheiro, que pertencia à família. Hoje, alguns de seus pontos comerciais ainda pertencem a ela.

Casou-se, no dia 15 de julho de 1939, com Elza Silva Guarino, nascida em 13 de outubro de 1917, filha de Júlio Silva e de Elvira Carneiro Silva, tendo o casal três filhas: Maria Ignês Guarino Lopes, Maristela Guarino Tanure e Maria do Rosário Silva Guarino. Esta geração já deu a Renato, por enquanto, 9 netos, 10 bisnetos e 2 tetranetas.

Renato sabia conquistar as pessoas com seu bom humor, sua alma bondosa e sua belíssima voz de tenor. Cantou, até pouco tempo antes de falecer, em centenas de casamentos, dentre eles, o de sua bisneta, em 2008, a tradicional “Ave Maria”.

Em diversas oportunidades, destacou-se ao lado de pessoas famosas, como Ângela Maria, Cauby Peixoto e Ataulfo Alves.

Participante ativo da sociedade em que vivia, pertencia ao Rotary Clube de Muriaé desde sua fundação, exercendo vários cargos, dentre eles, a presidência, e, ali, desenvolveu um trabalho de grande significação, sempre com amor e entusiasmo. Quando completou 60 anos de rotariano, sendo o mais antigo, recebeu uma homenagem de companheiros e da então presidenta, recebendo uma placa alusiva ao fato.

Com o falecimento de sua filha, Maria Ignês, de seu genro, Miguel Lamóglia e de sua esposa, Elza, Renato ficou extremamente abalado e triste, mas, sua fé em Deus, o apoio da família e dos amigos fez com que continuasse a vida cantando na terra em que vivia e que tanto amava.

Nos últimos dez anos de sua existência, teve ao seu lado como companheira a Neiva Faria Pereira, muriaeense e professora aposentada, com quem dividiu seu coração, suas alegrias e suas tristezas.

Um ano antes de seu falecimento, sua filha Maria do Rosário faleceu, estando, atualmente, em vida apenas Maristela, que reside em Belo Horizonte.

Este ilustre cidadão sempre foi e será exemplo de dignidade, de seriedade e de expressão para os muriaeenses que aqui conviveram com ele.

Vale registrar que, aos 86 anos de idade, Renato gravou um CD com músicas românticas, entre as quais estão “Ave Maria” e “Fascinação”. Em um gesto de caridade, a renda dos CDs vendidos foi revertida para as entidades filantrópicas da cidade.

Renato Guarino faleceu na manhã de 28 de setembro de 2008, às vésperas de completar seus 92 anos de idade, vítima de um violento infarto, sendo velado e enterrado no Cemitério Municipal de Muriaé. Deixou, desta forma, um grande vazio e uma imensa saudade no coração de parentes, familiares e amigos.

Fonte: João Carlos Vargas e Flávia Alves Junqueira / Memorial Municipal


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo