5 dicas para comprar eletrônicos usados online sem dor de cabeça

Você abre o Google e começa a pesquisar aquele eletrônico que precisa, mas o orçamento pode estar um pouco apertado e então você opta por escolher um equipamento usado. Essa situação é familiar para você?

Um estudo feito pela SPC constatou que 62% dos consumidores buscam por eletrônicos usados antes de procurarem por novos na internet e o mercado tem surfado essa onda.

O mesmo levantamento aponta que 33% dos compradores obtiveram ao menos um produto usado no último ano, evidenciando um crescimento de 4 pontos percentuais em comparação a 2019

Diante disso, sabemos que a demanda cresceu muito e que a oferta acompanhou, mas pra você não se perder em um mar de ofertas, listamos aqui 5 dicas para comprar eletrônicos usados pela internet sem sofrer:

1. Me diga com quem compras, que te direi quem és!

A primeira coisa, independente do produto que esteja procurando, é entender como funciona a pontuação de quem está vendendo e sua reputação. Leia todos os comentários e redobre a atenção na experiência de outras pessoas.

2. Quando a esmola é muita, o santo desconfia!

Você pesquisou por “notebook bom e barato” e encontrou custando muito menos do que em outros sites? Desconfie! Produtos com preço muito abaixo da média de mercado são indícios fortes que apontam que quem está vendendo talvez não tenha a melhor das intenções.

3. Melhor prevenir do que remediar

Pesquise sobre a durabilidade do equipamento que pretende comprar, se for um celular usado, por exemplo, faça uma busca sobre qual é a vida útil do produto e observe quanto tempo tem aquele usado que está vendo agora. Outra dica é se atentar a reclamações comuns sobre o que quebra facilmente e questionar ao vendedor quais as condições desses itens no aparelho anunciado.

4. Cadê a notinha?

Sempre sonde se o produto tem nota fiscal, isso é uma das poucas coisas que vai garantir a legitimidade do produto e também que você não está comprando nada ilegal (receptação é crime)! Peça para ver a nota fiscal sempre antes de fechar qualquer coisa.

5. Um por todos, todos por um!

Caso o item comprado precise ser entregue em mãos pelo vendedor, certifique-se de levar alguém de confiança com você e marcar o encontro em um lugar público, bem movimentado, assim você evita se colocar em risco.

Algumas informações adicionais

Alguns cuidados precisam ser tomados durante as compras de usados. Por mais que a fração de valores seja menor do que custam novos, o preço não é a única coisa a ser levada em conta quando se avalia custo-benefício.

Uma dica importante para se atentar é na compra de um celular. Peça sempre o IMEI, código “equivalente ao RG” do celular (numeração de identificação).

Pesquise também quais são os procedimentos e políticas adotadas pelas plataformas em que fará a compra, muitas delas são vitrines para outras lojas e isso pode complicar um pouco as coisas.

Os relatos de outras pessoas que compraram esses produtos pode ser o feedback mais valioso de todos, então pergunte também às pessoas que conhece sobre o site ou produto em si.

Saber se guiar pelo universo que é a compra de eletrônicos usados não é nenhum bicho de sete cabeças, principalmente porque hoje há mais informações à disposição do que nunca.

Então não se assuste, pesquise com calma e aproveite essas dicas para encontrar o eletrônico usado que você quer naquele precinho.

FONTES

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2021/05/27/internas_economia,1271081/brasileiros-estao-comprando-mais-itens-usados-diz-pesquisa.shtml
https://cndl.org.br/varejosa/cresce-o-consumo-de-produtos-usados-no-brasil/
https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2014/01/mercado-de-eletronicos-usados-ganha-forca-no-brasil-4380878.html
https://cndl.org.br/varejosa/cresce-o-consumo-de-produtos-usados-no-brasil/


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo