Aeronáutica abre concurso com 314 vagas de nível médio; salário após formado chega a quase R$ 4 mil

Guia Muriaé no WhatsApp

A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu concurso destinado ao preenchimento de 314 vagas no Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (IE/EA – CFS 2/2022) para o segundo semestre de 2022.


As oportunidades são para as áreas de BCO – Comunicações (22); BFT – Foto Inteligência (9); SGS – Guarda e Segurança (30); BEI – Eletricidade e Instrumentos (20); BEP – Estrutura e Pintura (12); BMT – Meteorologia (16); BSP – Suprimento (23); SAI – Informações Aeronáuticas (14); SBO – Bombeiro (14); SCF – Cartografia (6); SDE – Desenho (4); SEM – Eletromecânica (12); SML – Metalurgia (4); BCT – Controle de Tráfego Aéreo (128).

Para participar, é necessário entre outros requisitos ter ensino médio completo e não ter menos de 17 (dezessete) anos e nem completar 25 (vinte e cinco) anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no CFS 2/2022.

As inscrições poderão ser realizadas entre os dias 09 de agosto a 1º de setembro de 2021, através do site https://ingresso.eear.aer.mil.br.

As provas escritas estão previstas para o dia 14 de novembro de 2021 e terão questões de língua portuguesa, língua inglesa, matemática e física.

Os aprovados ainda passam pelas etapas de Inspeção de Saúde (INSPSAU); Exame de Aptidão Psicológica (EAP); Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF); Procedimento de Heteroidentificação Complementar; e Validação Documental até chegar ao curso em si.

Após formado, o salário inicial de um 3º Sargento chega a quase R$ 4 mil.

Fonte: Guia Muriaé

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo