Após onda de calor, Brasil deve ter chuva e frio nos próximos dias

Onda de frio deve durar até o início da semana que vem. Estados do Centro-Sul devem ser os mais atingidos.

Guia Muriaé no WhatsApp

Desde o dia 10 de maio, uma série de frentes frias tem sido responsável por desmantelar o bloqueio atmosférico que prevalecia sobre o Brasil desde 22 de abril.

Embora as temperaturas não tenham permanecido baixas por longos períodos, essas frentes frias conseguiram deslocar o sistema de alta pressão para o oceano, restaurando a normalidade climática no país. Isso permite que as frentes frias cheguem pelo Sul e avancem para outras regiões.

De acordo com a Climatempo, uma nova frente fria formou-se entre o Rio Grande do Sul e o Paraguai, movendo-se rapidamente pelo Sul do país. Este sistema deve alcançar o Sudeste ainda nesta sexta-feira, 24 de maio, afetando São Paulo e Espírito Santo no sábado, 25 de maio.

A meteorologista Josélia Pegorim da Climatempo explica que as temperaturas mais baixas previstas para o fim de semana resultam da combinação de três fatores: chuva persistente, céu encoberto com ausência de sol e forte atuação de ar polar.

Impacto nas Regiões Sul e Sudeste

A passagem desta frente fria trará chuvas e temperaturas baixas para todos os estados do Sul, além de São Paulo, sul do Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais e partes do Centro-Oeste. A previsão é de um tempo muito instável na região Sul nesta sexta-feira, com chuvas em toda a área.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para a possibilidade de acumulados de até 100 milímetros de chuva no norte do Rio Grande do Sul, Paraná e grande parte de Santa Catarina, com ventos que podem chegar a 100 km/h. As tempestades foram classificadas pelo Inmet em nível laranja de alerta, indicando perigo.

Riscos de Enchentes e Deslizamentos

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) alerta para uma alta possibilidade de novas enchentes nas regiões Sudeste Rio-grandense e Metropolitana de Porto Alegre. Nos municípios próximos à Lagoa dos Patos, os acumulados de chuva podem atingir 150 milímetros até o final desta sexta-feira, agravando a situação dada a elevação dos níveis dos rios.

A cidade de Porto Alegre, que já enfrenta altos níveis do Lago Guaíba, pode ver uma nova elevação das águas devido aos temporais. Além disso, o Cemaden destaca o risco de deslizamentos nas regiões Metropolitana de Porto Alegre e Nordeste Rio-grandense, especialmente na Serra Gaúcha, devido à saturação do solo.

Queda de Temperaturas no Sudeste

A chegada da frente fria ao Sudeste provocará uma queda brusca nas temperaturas. Em São Paulo, a máxima de sexta-feira ainda será alta, atingindo 31°C, mas cairá drasticamente no fim de semana, não ultrapassando 18°C no sábado e 16°C no domingo. A cidade pode registrar recordes de frio nos próximos dias, com a menor temperatura do ano até agora sendo 14,2°C.

No Rio de Janeiro, a máxima de 35°C prevista para sexta-feira deve cair para 23°C no domingo, marcando uma significativa redução nas temperaturas.

Esta sequência de frentes frias marca uma mudança significativa nas condições climáticas do Brasil, destacando a volatilidade do clima e a necessidade de preparação para eventos meteorológicos adversos.

Fonte: Guia Muriaé

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo