Associação Brasileira dos Caminhoneiros deixa em aberto possibilidade da greve continuar



Em um vídeo divulgado nas redes sociais (assista abaixo), a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (ABCAM) deixou em aberto a possibilidade da greve dos caminhoneiros continuar.

– O Governo Federal não aceitou o pedido de retirada (zerar) o Pis/Cofins e Cide até esta sexta-feira (25). Pediram o prazo de três meses, prazo este inaceitável para o caminhoneiro autônomo! Desta forma, nos retiramos da reunião. Peço aos amigos para pensarem bem, se acharem que deve continuar o movimento, nós vamos continuar. É isso que precisa ser feito, porque infelizmente metade do que o Governo Federal fala não costuma cumprir com o que promete – disse José da Fonseca Lopes, presidente da ABCAM, que representa cerca de 700 mil caminhoneiros.

No final da noite dessa quinta-feira (24), o Governo Federal anunciou o acordo com representantes dos caminhoneiros. A paralisação será suspensa por 15 dias. Em troca, a Petrobras mantém a redução de 10% no valor do diesel nas refinarias por 30 dias enquanto o governo costura formas de reduzir os preços. A Petrobras mantém o compromisso de custear esse desconto, estimado em R$ 350 milhões, nos primeiros 15 dias. Os próximos 15 dias serão patrocinados pela União.




Assista ao vídeo divulgado pela ABCAM:

Fonte: Guia Nuriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.