CAIXA oferece em junho cartões de crédito sem anuidade

Oferta é válida para novos cartões PF e PJ nas bandeiras Elo e Visa, inclusive para novos clientes

A CAIXA oferece condições especiais para contratações de cartões de crédito neste mês, pela campanha “Arraiá Cartões CAIXA”.

Clientes que contratarem cartões no período entre 1º a 30 de junho terão acesso à oferta de isenção de anuidade permanente, ou seja, a isenção vitalícia enquanto o cartão estiver ativo. O benefício está disponível para titulares e adicionais de novos cartões pessoa física e jurídica emitidos nas bandeiras Elo e Visa.

O cliente pessoa física também recebe bonificação de pontos pela ativação do cartão. Confira a pontuação para cada variante participante da campanha:

* Elo Mais e Visa Gold: 2 mil
* Elo Grafite e Visa Platinum: 4 mil
* Visa Infinite: 6 mil
* Elo Nanquim: 8 mil

A isenção permanente da anuidade será confirmada em setembro, após a apuração do somatório mínimo de gastos necessário para acessar o benefício. Segue a relação de gastos mínimos necessários em transações até 23h59 de 31/08/2022:

* Elo Mais e Visa Gold: R$ 2 mil
* Elo Grafite e Visa Platinum: R$ 3 mil
* Elo Nanquim e Visa Infinite: R$ 6 mil
* Empresariais Elo e Visa: R$ 2 mil
* Empresariais Elo Mais e Elo Grafite: R$ 3 mil

Como contratar

A contratação do cartão de crédito é sujeita a análise cadastral e de crédito. Quem ainda não é cliente CAIXA pode procurar uma das mais de 4.200 agências ou 23.000 unidades lotéricas e correspondentes CAIXA Aqui em todo o país.

Clientes do banco podem contratar cartão de crédito pelo Internet Banking e app CAIXA, terminais de autoatendimento e WhatsApp (0800 104 0104), além das agências. O cliente que já dispõe de um cartão CAIXA também pode participar com a aquisição do cartão de outra variante participante.

Fonte: CEF

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo