Como evitar riscos na hora de comprar uma empresa?

As 3 principais armadilhas em aquisições: saiba se proteger delas

Guia Muriaé no WhatsApp

Comprar uma empresa deveria ser sinônimo de “adicionar valor” ao adquirente, mas nem sempre isso acontece. Isso porque, imediatamente após ter sua aquisição anunciada, a empresa vê o mercado diminuindo sua cotação por certa desconfiança. É necessário que o novo proprietário esteja preparado e se prove capaz para que a empresa recupere seu valor.

Cerca de 50% das empresas adquiridas veem seu valor de mercado destruído irrecuperavelmente, isso por conta de algumas armadilhas existentes no momento da compra que podem dificultar – e muito – a transição. Neste artigo entenda como comprar uma empresa

evitando esses riscos.

As principais dessas armadilhas são:

1- Target de ação inadequado

Antes de assinar um acordo de não-divulgação de informações (NDA) e começar a análise do deal da aquisição é necessário estudar com afinco o negócio no qual se está entrando. Responda às seguintes perguntas:

  • Quantas empresas similares existem nesse segmento? 10? 50? 100? 200?
  • Qual a probabilidade de que esta aquisição (e não outra) seja o melhor investimento para minha empresa?
  • Comprar essa empresa é uma ação alinhada com a estratégia da minha corporação?
  • A cultura empresarial dessa empresa está alinhada com a cultura da minha empresa? Está mais ou menos alinhada do que outras alternativas?
  • Qual a reputação desse potencial “target” de compra? É melhor ou pior do que outras opções de aquisição?

De fato, uma aquisição despende recursos humanos e financeiros tanto na análise quanto na aquisição em si. Um investimento como esse não pode ser feito com dúvidas restantes. Por isso, o ideal é a realização de um estudo de mercado pre-deal.

2- Valor ofertado excessivo

Muitas vezes uma avaliação inexata sobre a empresa ou uma aquisição “competitiva” (aquela na qual há mais de um pretendente a comprador) leva o valor ofertado a ser maior do que o justo.

Para evitar esse sobrepreço é essencial uma avaliação cuidadosa, profissional e conservadora. O cálculo do valor da empresa adquirida deve ser determinado seguindo os conceitos da “análise fundamentalista”, estudando a situação financeira atual e perspectivas futuras da empresa.

Também é importante quantificar tanto os “passivos conhecidos”, que são determinados, quanto os “passivos desconhecidos”, sendo que ambos tendem a zerar em alguns anos. Você só deverá liberar 100% da sua oferta quando estes passivos estiverem zerados.

É comum que comprador e vendedor tenham expectativas diferentes sobre o valor. Nesses casos, o ideal para solucionar o impasse é fazer propostas com a estrutura “earn out” – aquelas em que se paga pela compra, num primeiro momento por quanto a empresa vale, e se deixa um “prêmio” posterior, caso as expectativas do vendedor sejam atingidas.

3- Implementação de sinergias aquém do esperado

A transação de compra da empresa em funcionamento não se finaliza com a assinatura do acordo para vender a empresa. A partir desse momento é muito importante a correta “Integração Pós Fusão” (“Post Merger Integration” ou “PMI”, na sigla em inglês) com o intuito de realizar as sinergias que foram consideradas na elaboração da oferta de aquisição e que deverão ser o “ganho” ou “lucro” na compra da empresa.

Para facilitar o PMI é preciso tomar certas medidas bem antes da assinatura de compra e venda:

– Escolher empresas-alvo que tenham até 50% do tamanho do investidor/adquirente. Assim os riscos e complexidades da integração pós fusão de uma empresa são limitados;

– Efetuar uma parte do pagamento da compra da empresa como “earn out”, com o intuito de premiar a obtenção de resultados e sinergias após a aquisição;

– Efetuar uma parte do pagamento da compra com ações da sua própria sociedade, como forma de incentivar a empresa adquirida a colaborar na integração pós fusão.

Essas três armadilhas nem sempre se apresentam de maneira clara ao comprador. Por isso, o ideal é que sempre se contrate uma equipe profissional isenta e capacitada a avaliar os riscos e auxiliar na transição. Dessa maneira, o comprador conseguirá se posicionar entre as 50% de empresas que têm valor de mercado aumentado após aquisições. A Capital Invest oferece consultoria em M&A, auxiliando empresas nacionais e estrangeiras nas suas aquisições no Brasil para gerar maior valor com menor risco.

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo