Correios abrem inscrições Jovem Aprendiz

Foto: Guia Muriaé
Em apenas uma semana, cerca de 280 mil candidatos de todo o país se inscreveram para concorrer às vagas do Programa Jovem Aprendiz dos Correios 2020. Confira como se inscrever abaixo.

Desde 2011, dezenas de milhares de jovens entre 14 a 22 anos tiveram a oportunidade de ter sua primeira experiência profissional na maior empresa pública do país, vivência prática aliada a arcabouço teórico na forma de capacitação oferecida em parceria com o SENAI nas áreas de administração e logística. Uma década de comprometimento da empresa com a sociedade, materializando nosso objetivo de integrar pessoas sempre de olho no futuro.

Na qualidade de serviços considerados essenciais, implementamos as orientações da OMS e continuamos trabalhando incansavelmente para mitigar ao máximo os impactos socioeconômicos do cenário atual. O jovem aprendiz terá a chance única de se juntar a nós e contribuir com essa importante missão em um momento tão marcante para o país.

A despeito das dificuldades impostas pela pandemia atual, entendemos que o Programa Jovem Aprendiz dos Correios é fundamental para a empresa e para os brasileiros.

Assim, os Correios reforçam o compromisso em dar continuidade ao projeto, investindo sempre na sua melhoria e perenidade, confiantes de que o investimento vale os frutos que serão colhidos a longo prazo pelo país.

Seleção

O edital de 2020 contempla um total de 4.462 vagas, das quais 815 destinam-se a negros e pardos, e 660 a pessoas com deficiência.

Os jovens selecionados terão uma jornada semanal de 20 horas, receberão o salário mínimo-hora no valor de R$ 490,83, além de vale-transporte, vale-refeição ou alimentação e uniforme. As inscrições podem ser feitas até 30 de abril. Mais detalhes podem ser encontrados no site dos Correios:

http://www2.correios.com.br/institucional/concursos/correios/lst_concurso.cfm?con_nu=1207

Fonte: ECT


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo