Manifestantes iniciam greve de fome para Lula sair da prisão

Manifestantes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) iniciam nesta segunda-feira (30), em Brasília, uma greve de fome por tempo indeterminado. Eles querem a liberdade do petista, pedem democracia e denunciam o retorno da pobreza no Brasil.

Em comunicado, os manifestantes falam sobre o ato. “Diante do golpe de estado que atenta contra a democracia e das políticas implementadas pelo governo ilegítimo, que causam o retorno da miséria e da fome ao povo brasileiro, assim como a prisão política de Lula, militantes dos movimentos sociais de vários estados brasileiros se unirão em Brasília em greve de fome, como forma de protesto político por tempo indeterminado. Trata-se de um sacrifício para sensibilizar as autoridades e evitar maiores prejuízos à sociedade e aos mais pobres. Para a retomada da democracia, do estado de direito e das garantias constitucionais, os movimentos defendem que é fundamental a liberdade do ex-presidente Lula, submetido a uma série de injustiças e fraudes processuais, preso político há mais de 100 dias”, diz o documento.

Lula foi preso em abril, após investigação da operação Lava-Jato. Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão, em regime fechado, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso que envolveu um tripléx no Guarujá (SP)

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre