Quem paga? Botijão de gás chega a custar R$ 160

Esse valor foi encontrado em Mato Grosso, segundo levantamento da ANP. Média nacional é de aproximadamente R$ 114, quase 10% do salário mínimo

O preço do botijão de gás de 13 quilos chega a R$ 160, valor máximo da pesquisa semanal realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Esse valor foi encontrado em Mato Grosso. Na média nacional, o gás de cozinha (GLP) chega a R$ 113,66, quase 10% do salário mínimo. O levantamento foi feito entre os dias 10 e 16, em 3.881 municípios.

Enquanto o maior preço foi registrado em Mato Grosso, o menor foi encontrado no Maranhão: R$ 78, ou 51% a menos. Considerando apenas os preços médios de cada unidade da federação, o custo com um botijão vai de R$ 102,30 (Rio de Janeiro) a R$ 135,44 (Mato Grosso). Em São Paulo, a média é de R$ 112,89, com o valor variando de R$ 90 a R$ 149. (Confira quadro com os valores médios no país.)

Já os preços máximos atingem ainda R$ 150 no Pará, em Rondônia e em Santa Catarina, R$ 145 no Acre e em Goiás e R$ 140 no Amazonas, em Minas Gerais e no Paraná. Os mínimos depois do Maranhão, são registrados no Rio (R$ 85), na Bahia (R$ 88) e em Pernambuco (R$ 90).

Segundo o IBGE, o IPCA acumulado em 12 meses soma 11,30% até março. Já o gás de cozinha tem alta de 29,56% em igual período.

Fonte: CUT

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo