Adolescentes do programa “Atitude Jovem” participam de debate sobre violências

Adolescentes do programa “Atitude Jovem” participaram de uma roda de conversa cujo objetivo foi refletir sobre as violências sofridas pela juventude e articular estratégias de prevenção. Promovido pela Prefeitura de Muriaé e conselhos municipais dos Direitos da Mulher e de Juventude, o evento aconteceu na última sexta-feira (13), no Teatro Zaccaria Marques.

Após os debates sobre diversos tipos de violência, cada grupo fez uma apresentação sobre o tema. “Achei bem legal esse evento. Muitas pessoas têm vergonha de discutir sobre este assunto, mas este é um tema que deve ser discutido. É muito importante alguém ter essa iniciativa e abordar sobre a temática, até para sabermos melhor o que fazer nesses casos”, diz Brenda Cruz, de 17 anos. “Achei esse momento muito interessante e divertido. Foi um meio de interação entre jovens, além de uma oportunidade de abordar o tema, que é pouco discutido, apesar da grande quantidade de casos. Também foi importante para debater sobre preconceito e racismo”, completa Otávio Ribeiro, de 17 anos.

O “Atitude Jovem” é um programa desenvolvido pela Prefeitura com o objetivo de criar para os adolescentes que cursam o Ensino Médio oportunidades para o mercado de trabalho e desenvolver neles habilidades profissionais. Eles podem atuar na Administração municipal, em órgãos públicos estaduais e federais localizados em Muriaé. “Os conselhos municipais de Juventude e dos Direito da Mulher, unidos na mesma direção, acreditam que as relações sociais produzem diferentes formas de comportamento, de inserção social e cidadania. A juventude possui grande poder de transformar, sonhar e pensar estratégias de modificar a realidade”, afirma a secretária executiva de Controle Social e responsável pela articulação de conselhos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Raquel Nunes.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre