Após crise, setor de vestuário de Muriaé espera aumento das vendas no final do ano

Produção de pijamas é a vocação da cidade, diz empresária

Depois de amargar uma crise na produção, o setor de vestuário de Muriaé está otimista. A expectativa de aumento nas vendas para o fim de 2012 reanimou os empresários da cidade.

Segundo o delegado do Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindvest), Carlos Magno de Oliveira, as vendas no Natal estão garantidas. A preocupação, entretanto, é para manter os negócios em alta em 2013.

Algumas máquinas ficaram paradas nas indústrias da cidade, mas os empresários não deixaram de lado a principal característica de Muriaé: a produção de pijamas. Foi assim que eles transformaram a cidade em um polo regional de confecções, e é assim que vão dar a volta por cima. É o que acredita a empresária Maria José Varela, dona de uma das confecções há mais de 20 anos. Para ela, o pijama é a vocação da cidade.

Com as contratações temporárias no final do ano, o polo de Muriaé gera, atualmente, 12 mil empregos diretos.

Fonte: Mega Minas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre