Bandeira a meio-mastro: Muriaé de luto por Adellunar Marge

Muriaé está de luto pela morte do professor e escritor Adellunar Marge, que faleceu na última quarta-feira (17) após sofrer um acidente doméstico. Na entrada do Centro Administrativo, a bandeira do município está hasteada a meio-mastro em sinal de lamento e respeito pela perda.

O luto de três dias foi oficializado pelo decreto número 10.335, assinado ainda ontem pelo prefeito José Braz e publicado hoje no Diário Oficial dos Municípios Mineiros.

Ao longo de sua vida, Adellunar Marge desempenhou diversas funções em diferentes administrações municipais. Foi secretário municipal de Educação e Cultura, de Administração e ainda Chefe de Gabinete, além de coordenador do Departamento de Imprensa.

Também foi um dos fundadores da Undime, a União dos Secretários Municipais de Educação, instituição da qual foi membro do Conselho Deliberativo e contribuiu para a redação do documento da classe para a Constituição de 1988.

Fora da vida pública, destacou-se como professor, lecionando diversas disciplinas na Escola São Paulo, na Faculdade Santa Marcelina e também no Centro Universitário Unifaminas. Já como escritor, foi colunista em diversos jornais de Muriaé, publicou o livro de crônicas “Impressões Cotidianas” e foi autor de trabalhos biográficos sobre personalidades muriaeenses.

Em 2013, foi agraciado com a Medalha do Mérito Muriaeense (Medalha José Alencar), em razão dos serviços prestados em prol do desenvolvimento cultural e educacional do município.

Adellunar tinha 80 anos, completados em novembro de 2020. Ele deixa a esposa Maria Madalena, os filhos Eduardo, Juliana e Otávio, além de noras, dois netos e um imensurável legado para a Cultura e a Educação.

O velório será nesta quinta-feira, entre 13h e 15h, na capela do Cemitério Municipal Senhor do Bonfim. Em seguida, o corpo será levado para cremação em outra cidade.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo