Home / Notícias / Cidade / Batalha do Coreto divulga nota sobre baderneiros na Praça João Pinheiro

Batalha do Coreto divulga nota sobre baderneiros na Praça João Pinheiro

A Batalha do Coreto, já tradicional manifestação cultural que ocorre todas as quintas-feiras na Praça João Pinheiro, no Centro de Muriaé, tem tido sua imagem denegrida por conta de outros frequentadores do espaço público.

Baderneiros tem feito uso de som alto volume, jogado bombas, entre outras ações que acabam perturbando o sossego alheio, fazendo assim com que muitos relacionem tais problemas com a Batalha do Coreto.

Diante disso, Jota-R MC, coordenador da Batalha do Coreto, divulgou uma nota de esclarecimento, que segue abaixo na integra:




Venho através dessa nota, informar, que a Batalha do Coreto realizada todas as quintas feiras na Praça João Pinheiro das 19:30 até às 22:00 horas, tem como objetivo difundir a cultura do Hip-Hop na cidade, em especial o RAP e as Batalhas de Rima, evento esse que acontece exclusivamente na parte superior do Coreto da praça João Pinheiro, tudo que acontece em volta da praça não tem ligação com a organização da Batalha.

Como a Batalha vem crescendo a cada ano e tornando-se hoje um ponto de encontro de muitos Jovens e adolescentes, trás também aqueles que se aproveitam do sucesso para anarquizar e agir de conduta duvidosa em volta da batalha, não aceita por nós da organização.

A praça é pública e podem ser freqüentadas por todos, só quê, a organização da Batalha não é responsável por nenhuma outra forma de ação que esteja acontecendo na praça, como carros de som tocando Funk em alto volume, em bombas jogadas, essas atitudes não tem vínculo nenhum com a Batalha, pelo contrário, somos contra, até porque atrapalha o nosso movimento (conflito de sons).




Sempre fomos de dialogar com todos e nossa função é divulgar nossa cultura tão marginalizada, discriminada, pela sociedade.

Hoje a batalha do Coreto é referência na região, sendo reconhecida como a maior da Zona da Mata.




Buscamos parcerias para que tudo ocorra bem, hoje temos parceria com o Movimento Pró-cultura que é parceiro desde o início, também com a Fundarte que nos autorizou a ocupar o espaço, queremos contar com a ajuda de todos, e principalmente com a Polícia Militar de Muriaé e com o Juizado de menores.
Nossa postura é agir dentro da lei não somos coniventes com algo que esteja fora dela.

Em respeito ao nosso público que realmente vai pra curti nossa arte, a todos aqueles que acreditam na nossa cultura, aos apoiadores, aos amigos que respeitam o que fazemos, resolvemos esclarecer tudo para que não haja acusações e associam tudo que acontece na praça as quintas feiras na Batalha do Coreto.

Confira também

Saiba o que abre e o que fecha no feriado de 15 de novembro em Muriaé

Assim como aconteceu no último feriado nacional, no dia 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *