Home / Notícias / Cidade / Casal de Muriaé que sofreu racismo em rede social registra boletim de ocorrência

Casal de Muriaé que sofreu racismo em rede social registra boletim de ocorrência

O jovem casal de Muriaé que foi alvo, na última semana, de comentários racistas em uma rede social registrou, na tarde desta terça-feira (26), um boletim de ocorrência e agora o caso será investigado pela Polícia Civil.

D.M. havia publicado no Facebook uma foto com seu namorado, L.F., e de repente surgiram vários comentários preconceituosos. Em uma das mensagens, um individuo identificado como “Capivara Vuadora”, supostamente um perfil fake (falso), pergunta “aonde o rapaz teria comprado a escrava”. Em outra postagem, um individuo chamado Guilherme Ramos diz que “o casal parece que está na senzala”. Ele diz ainda que na foto estão “um branco e uma negosa”.

A foto com o print screen dos comentários foi divulgada na fan page “Pretinho do Poder” e está com quase 20 mil compartilhamentos, além de mais de 30 mil comentários.




Como a foto supostamente foi publicada em modo “público”, e levando em consideração uma possível configuração do perfil da vítima, qualquer pessoa poderia comentar na imagem, mesmo aquelas com que ela não tenha vínculo de amizade no Facebook.

Após toda a repercussão, a vítima postou, no dia 19 de agosto, uma mensagem no seu perfil na rede social lamentando o fato. “Haverá racismo enquanto as pessoas não entenderem que por dentro somos todos iguais”, disse. No último fim de semana, a vítima desativou o seu Facebook.

Durante os últimos dias, D.M. recebeu pelas redes sociais e pessoalmente o apoio de diversas pessoas. No grupo Muriaé Notícias no Facebook, foram registrados diversos comentários em repúdio as injúrias racistas e em solidariedade ao casal. Entre as mensagens, destacamos as seguintes:




“Esse povo não tem mais nada pra fazer não? Poxa, um casal super lindo e as pessoas ficam criticando. Lamentável isso! Apoio o casal”, disse Fernanda Dias.

“O anonimato digital é o lugar comum dos covardes do século XXI”, afirmou Cleber Paradela.




“Quer saber, ela e linda, ele e lindo, o casal e lindo, e viva as mistura de raça, viva o amor, e não ao preconceito ridículo”, disse Priscila Carvalho.

“Eu também passei pela mesma situação, mas não dei a mínima e este ano comemoramos 25 anos de casamento e somos felizes, isto é que importa. Sejam felizes também”, relatou Nilce Batista Da Siva Batista Silva.

“Confie sempre no amor de vocês e sigam em frente, recalcados só agem assim”, disse Silvia Mello.

“É por isso que o Brasil não vai pra frente, enquanto existirem pessoas com esse tipo de pensamento, continuaremos na mesma posição, ou seja atrasados em tudo. É lamentável me deparar com atitudes assim, é nessas horas e em muitas outras que me dá vergonha de dizer que sou brasileira”, afirmou Polly Paranhos.

“Meu Deus, quando que as pessoas vão parar de se acharem melhor que as outras? Acho que postaram muitas coisas feias por inveja deles, porque os dois formam um casal lindo e são muito bonitos”, disse Cida Barbosa.

O canal Mistureba publicou um vídeo no YouTube criticando os autores das injúrias, confira:

Confira as mensagens racistas (clique na imagem para ampliar):

Casal de Muriae sofre racismo no Facebook - Comentarios

A divulgação de racismo, mesmo pela internet, trata-se de um crime, conforme é caracterizado pela legislação brasileira. A Constituição de 1988 tornou a prática do racismo crime sujeito à pena de prisão, inafiançável e imprescritível.

Fonte: Guia Muriaé

Confira também

Codema recebe veículo para fiscalização ambiental em Muriaé

O Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema) recebeu veículo para fiscalização …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *