Concessionária anuncia obras de melhorias na BR-116 em Muriaé e região; veja os pontos de pedágio

Investimento ultrapassa R$ 11 bilhões e vai beneficiar 22 municípios mineiros.

Guia Muriaé no WhatsApp

A Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) e a concessionária EcoRioMinas, nova unidade da EcoRodovias, assinaram, na tarde desta sexta-feira (19/8), o contrato de concessão dos 726,9 quilômetros do Sistema Rodoviário Rio de Janeiro (RJ) – Governador Valadares (MG), que inclui trechos da BR-116 (RJ e MG), BR-465 (RJ) e BR-493 (RJ).

Com a formalização do contrato, durante evento realizado na BR116, no município de Governador Valadares, com a presença do ministr o da Infraestrutura, Marcelo Sampaio Cunha Filho – a empresa assume o compromisso de realizar vários investimentos ao longo de todo o trecho, estimados em R$11 bilhões durante os 30 anos de concessão. Outros R$9,9 bilhões serão aplicados na operação da malha rodoviária, totalizando um aporte de cerca de R$20 bilhões. O início da administração e operação dos trechos pela EcoRioMinas está previsto para setembro.

O contrato exige uma série de obras de recuperação e melhorias da infraestrutura dos trechos concessionados. Entre as obras de ampliação da capacidade das vias, estão definidos mais de 303 quilômetros de duplicações, 255 quilômetros de faixas adicionais e 85,5 quilômetros de vias marginais. A construção de 154 dispositivos, entre trevos, viadutos, passagens inferiores, alças e retornos, além da implantação de 57 passagens de fauna e de 1,6 quilômetros de ciclovias contribui com a fluidez do tráfego. Nos trechos urbanos, a EcoRioMinas vai instalar 75 passarelas de pedestres e 462 pontos de ônibus. Ao longo da rodovia, haverá dois pontos de paradas e descanso para a segurança dos caminhoneiros.

“A EcoRodovias segue implementando infraestrutura sustentável e de qualidade no Brasil. Os investimentos no trecho vão trazer mais segurança viária, reduzindo acidentes e salvando vidas. Além disso, vamos gerar empregos e renda para os municípios do entorno e seus moradores”, afirma Alberto Lodi, Diretor de Concessões Rodoviárias da EcoRodovias, maior operadora em extensão de rodovias administradas do Brasil.

Ao assumir as vias, a empresa começa a executar reparos de pavimentação, sinalização, iluminação, passagens inferiores e superiores, passarelas de pedestres, drenagem e estrutura de contenção. Segundo o Diretor Superintendente da EcoRioMinas, Luís Carlos Lima Salvador, os trabalhos iniciais formam um pacote de melhorias emergenciais para eliminar problemas que representem riscos e desconforto aos usuários. Após as intervenções programadas para o primeiro ano de concessão, começam as obras de recuperação da rodovia, que se estendem do segundo ao quinto ano. “Já as grandes obras de ampliação da capacidade começam a ser entregues partir do quarto ano, conforme o estipulado pelo contrato. Tudo isso vai resultar na modernização da infraestrutura rodoviária e estimular o desenvolvimento regional”, explica Salvador.

A estimativa do Governo Federal é de que a concessão, ao longo dos 30 anos, contribua para a criação de mais de 150 mil postos de trabalho e gere mais de R$ 2,2 bilhões em Imposto Sobre Serviço (ISS) para as prefeituras dos 36 municípios do entorno da malha viária da EcoRioMinas, que abrange trechos relevantes para o desenvolvimento econômico do Brasil.

A rota rural da BR-116 (RJ/MG) corresponde a um importante corredor logístico de ligação entre o Sul e o Nordeste do país, por onde escoam alimentos, madeira e carne, entre outros produtos. A Serra de Teresópolis e o Arco Metropolitano do Rio de Janeiro, além de 45 quilômetros da Rodovia Presidente Dutra localizados na Região Metropolitana do Rio, também integram o sistema concessionado.

Melhorias

A EcoRioMinas, empresa que arrematou o sistema rodoviário Rio de Janeiro (RJ) – Governador Valadares (MG), irá realizar obras de melhorias na BR-116. A estrada corta os municípios de Orizânia, Divino, Fervedouro, São Francisco do Glória, Miradouro, Muriaé, Laranjal, Leopoldina e Além Paraíba, na Zona da Mata mineira.

Segundo a concessionária, o investimento ultrapassa R$ 11 bilhões e vai beneficiar 22 municípios mineiros com:

192,1 quilômetros de duplicações e 130,5 quilômetros de faixas adicionais na BR-116;
23,4 quilômetros de vias marginais;
275 acessos;
21 passarelas;
144 pontos de ônibus;
38 passagens de fauna.

O sistema rodoviário Rio-Valadares é uma importante ligação rodoviária com o estado do Rio de Janeiro. Com as centenas de obras estruturais, os usuários passarão a contar com estradas com maior capacidade de fluxo, melhores serviços e mais segurança viária.

Geração de empregos

Com a assinatura do contrato de concessão, realizado oficialmente na sexta-feira (19), a empresa que passa a administrar a rodovia federal já inicia as obras emergenciais e os reparos para diminuir riscos e, aos poucos, garantir maior fluidez no tráfego e mais segurança viária. A estimativa é que a iniciativa gere 131,6 mil empregos diretos, indiretos e efeito-renda.

Pedágios

Pela modelagem proposta pelo Ministério da Infraestrutura, está prevista uma redução progressiva nas tarifas de pedágio de toda a extensão do sistema rodoviário. No total, serão 12 praças de pedágio, sendo 7 em Minas Gerais.

As praças do trecho mineiro estão localizadas em:

-Leopoldina (km 789,9);
-Bom Jesus da Cachoeira (km 724,6);
-Miradouro (km 670,7);
-Orizânia (km 615,9);
-Santa Bárbara do Leste (km 555,4);
-Inhapim (km 487,5);
-Governador Valadares (km 433,2).

As Tarifas Básicas de Pedágio (TBP) definidas para a concessão é de R$ 0,16092/km para pista simples, sendo a pista duplicada de R$ 0,22528/km – 40% maior em relação à tarifa de pista simples).

Fonte: Portal Caparaó / G1

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo