Home / Notícias / Cidade / DEMSUR inicia o ano realizando vários trabalhos em Muriaé

DEMSUR inicia o ano realizando vários trabalhos em Muriaé

2015 foi um ano de muito trabalho, o que não será diferente em 2016 para o Departamento Municipal de Saneamento Urbano (DEMSUR).

Crescendo por todos os lados, Muriaé a cada ano ganha novos bairros. Hoje, de acordo com cadastros do DEMSUR, a cidade conta com 68 bairros e 3.061 ruas. Como uma grande família, que cuida de uma grande casa, o DEMSUR responsável pela limpeza de nossas vias, segue a primeira semana de janeiro realizando serviços de coleta de lixo, varrição, capina, roçagem e remoção de entulhos.

As equipes de roçada nesta semana trabalhou nas ruas do bairro Porto Belo, na região do Mercado do Produtor Rural e no Cemitério Municipal de Muriaé. Esta mesma equipe estará também durante o mês atendendo ainda os bairros Panorama, Recanto Verde, São Pedro (parte alta) e Cardoso de Melo. Já a equipe de capina nesta primeira semana trabalhou nas ruas da Cerâmica e partiu em direção ao Safira com destino para os bairros Planalto, Panorama e Porto Belo. Enquanto isso a equipe de Atividades Laborterápica esteve no início da semana na Travessa dos Expedicionários, capinando e retirando grande quantidade de entulho descartado irregularmente. A travessa foi entregue limpa para os moradores e agora a equipe segue realizando o serviço no bairro Joanópolis. Fora essas equipes têm ainda a de remoção de entulhos que trabalha incessantemente por toda a cidade.




Nesta sexta-feira (8), a equipe de Atividade Laborterápica trabalha no carregamento de pneus inservíveis (fim da vida útil), no galpão do Ecoponto do DEMSUR, situado a 7 km do Centro da cidade. Entregues pelas revendas/borracharias e recolhidos através de campanhas contra a dengue na qual a autarquia é parceira no município, após sua armazenagem são recolhidos pela Reciclanip, empresa responsável pelo transporte a partir dos pontos de coleta em todo Brasil. Desta forma, o DEMSUR vem garantindo a armazenagem de pneus desde a data do convênio firmado em 2006 com a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP). Considerado um dos tipos de resíduos mais agressivos ao meio ambiente, além de servir para proliferação de doenças estima-se que o pneu leva meio milhão de anos para se decompor.

Fonte: DEMSUR




Confira também

SINE de Muriaé tem 3 vagas com salários de quase R$ 1.400

O Sistema Nacional de Emprego (SINE) em Muriaé disponibiliza nesta segunda-feira (21/10) um total de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *