Dia de campo valoriza fruticultura como nova opção de renda para agricultores em Muriaé

O Dia de Campo da Fruticultura acontecerá no próximo 30 de junho de forma on-line via Facebook da Prefeitura de Muriaé. A apresentação será em tempo real no horário de 15 às 17 horas, onde será permitida a participação da população.

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Emater-MG e Associação dos Produtores Rurais e tem como objetivo alavancar a cultura de frutas como opção de renda para agricultores da região.

A abertura da live contará com a presença do secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Carlos Kneip, subsecretário da pasta, Fernando Levati, secretário de Governo, Paulo Sérgio Pires Amaral, e gerente regional da Emater-MG, Paulo Alexandre de Oliveira Carvalho.

Os profissionais das instituições organizadoras e associações vão expor temas relativos à fruticultura, como a geração de renda com a atividade, tecnologias de aplicação de defensivos, controle da mosca-das-frutas, manejo de inverno em videiras e sistemas agroflorestais.

A primeira palestra será com o secretário de Agricultura de São Sebastião da Vargem Alegre, Eduardo Carvalho de Almeida, que explicará sobre a ‘Importância do Associativismo’. O segundo assunto, apresentado pelo presidente da Associação de Produtores de Muriaé e Região, Amaury Guarçoni, será ‘Cultura da Uva’.

A terceira apresentação será feita pelo engenheiro agrônomo da Emater- MG, Robério Torres, com o tema: ‘Cultura da Banana’. E finalizando as atividades, o técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de MG, Adenilson Mendes, versará sobre “Cultura do Abacate’.

Segundo informações do engenheiro agrônomo, Robério Torres, existem espécies frutíferas que podem ser uma excelente alternativa econômica para os produtores de Muriaé e região, como o maracujá, coco, citros em geral, manga, entre outros.

“Enfatizar a ‘Fruticultura’ é uma maneira de demonstrar para agricultores e pecuaristas da região que existem outras oportunidades de renda que podem ser desenvolvidas em suas propriedades, agregando valor e melhorando renda familiar. Nós da Emater estamos sempre prontos a oferecer consultoria para os interessados”, declarou.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente ressalta que o investimento na cultura de frutas é um bom negócio.

“Por ter um relevo misto, tanto de baixadas quanto elevações, imaginaríamos que seria difícil cultivar frutas, porém, segundo nossos amigos da Associação dos Produtores Rurais, a atividade tem ótima aceitação no solo fértil de Muriaé e região”, concluiu Carlos Kneip.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo