Home / Notícias / Cidade / Ferrovia transcontinental – que passará por Muriaé – ganhará trecho no Acre

Ferrovia transcontinental – que passará por Muriaé – ganhará trecho no Acre

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso aprovou uma emenda do senador Aníbal Diniz (PT-AC) que garante a ferrovia transcontinental EF-354 chegue até o Acre com a construção de um trecho entre Lucas do Rio Verde (MT) e Cruzeiro do Sul (AC).

A ferrovia transcontinental EF 354 partirá do Litoral Norte Fluminense e passará por Muriaé, Ipatinga e Paracatu, em Minas Gerais; por Brasília, no Distrito Federal, e por Uruaçu, em Goiás; por Cocalinho, Ribeirão Castanheira e Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso; Vilhena e Porto Velho, em Rondônia; e Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre, até chegar à localidade de Boqueirão da Esperança, na fronteira Brasil-Peru.




“A ferrovia é um projeto ambicioso do governo brasileiro que tem por objetivo a integração regional e a redução dos custos de transportes”, acrescentou Aníbal Diniz.

Após concluída, a Transcontinental terá um percurso de 4.400 km. Atualmente, deverá se prolongar do Litoral Fluminense/Rio de Janeiro até Lucas do Rio Verde/Mato Grosso. A obra foi prevista para ser desenvolvida pela Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes, com o custo estimado é de R$ 6,4 bilhões, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I e II).

O prolongamento da Ferrovia de Lucas do Rio Verde (MT) até a localidade de Boqueirão da Esperança, na fronteira do Acre com o Departamento de Ucayalli, no Peru, está na pauta dos governos da região Norte.




“A estratégia é dispor de um eixo ferroviário viável para exportação dos produtos amazônicos (farinha, castanha, borracha e produtos florestais certificados madeireiros e não madeireiros) e do Centro-Oeste brasileiro (grãos e outros produtos ligados ao agronegócio) via os portos do Pacífico”, destacou o senador.

E, ainda, importação de fosfato, cobre, insumos e cimento para a Estado do Acre, que não dispõe de minérios e matéria-prima para construção civil, importante atividade econômica no Estado.




Os trilhos em território peruano começariam perto da cidade brasileira de Boqueirão da Esperança, localizada a 105 km de Cruzeiro do Sul, no Acre, continuando rumo a Pucallpa, na região de Ucayalli, e, de lá, para Tingo Maria.

Fonte: Assessoria

Confira também

SINE de Muriaé abre 13 vagas com salários de até R$ 1.500

O Sistema Nacional de Emprego (SINE) em Muriaé disponibiliza nesta segunda-feira (27/01) um total de …

Um comentário

  1. Esperar pra ver, quem viver verá !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *