Fundarte entrega prêmio Bernadete Andrade Silva em Muriaé

Solenidade realizada no Paço Municipal promoveu a entrega do “Prêmio Maria Bernadete Andrade Silva”, de Incentivo ao Patrimônio Cultural de Muriaé. A Prefeitura e Fundarte premiaram as iniciativas de preservação, valorização e divulgação do patrimônio histórico e cultural do município.

O evento contou com a presença do vice-prefeito, Marcos Guarino, a diretora da Fundarte Gilca Napier, homenageados, alguns familiares e ativistas culturais.

Os homenageados da solenidade foram entregues à diretora da Fundarte, Gilca Napier, na categoria “Patrimônio Material”, pela reabilitação do espaço Belmira Vilas Boas; Alexandre Ferreira pela manutenção de “Patrimônios Tombados”; Raimundo Nonato pela organização da “Feira da Barra aos domingos”; Wagner Rocha na categoria “Responsabilidade Social junto a Escola Doutor Antônio Canêdo” e Natalino da Silva Oliveira por “Ações Educativas” à frente do IF Sudeste (Instituto Federal).

Ainda no evento, os participantes acompanharam uma palestra com o diretor do Arquivo Municipal, João Cargos Vargas, sobre as ações que veem sendo tomadas em prol da preservação da memória de Muriaé, um resgate da historiografia de “nossa cidade e nossa gente”.

Bernadete Andrade Silva

O Prêmio recebeu o nome de uma servidora municipal que muito contribuiu para o desenvolvimento e a valorização da cultura e da arte em Muriaé. Bernadete Andrade foi responsável pela montagem de toda a documentação necessária para transformar a antiga Secretaria de Cultura em Fundação de Cultura e Artes.

A servidora acompanhou processos junto à Promotoria Pública Estadual até a concretização das obras, além de haver sido a responsável pela organização da documentação que deu origem aos projetos à Lei de Incentivo à Cultura que angariaram recursos, provindos do Estado e União.

Por meio dos projetos aprovados, o município pôde realizar obras e a reestruturação de espaços culturais, como a construção da Escola Municipal de Música Leonel Vargas, restauro do Grande Hotel Muriahe (1ª parte – parceria com Energisa e Usiminas) e a segunda parte, a restauração das fachadas, complementação do Teatro Zaccaria Marques (Fundo Nacional de Cultura), reformulação do Teatro Belmira Vilas Boas, reforma do Paço Municipal, da Biblioteca, entre outros.

Fonte: PMM


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo