Home / Notícias / Cidade / Lançamento do projeto Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé

Lançamento do projeto Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé

Rede de Comerciantes Protegidos em Muriaé




Foi lançado na manhã desta segunda-feira (17) o projeto Rede de Comerciantes Protegidos. O evento aconteceu na Praça João Pinheiro, no Centro, e contou com a participação de diversas autoridades policiais, representantes e comerciantes associados da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

O Tenente Coronel Marco Antônio Rodrigues, comandante do 47º Batalhão de Polícia Militar (BPM), ressaltou a importância do projeto, que é uma adaptação da Rede de Vizinhos Protegidos, e tem como objetivo o exercício da cidadania e solidariedade entre os lojistas participantes, através do cuidado recíproco nas questões de segurança pública, minimizando as possibilidades de crime e aumentando a sensação de segurança pública. A Rede visa multiplicar a vigilância através de “câmeras vivas”, constituindo cada proprietário e funcionário em agentes de prevenção do crime, sendo que de forma alguma constituí privilégios para os lojistas e prejuízo para o cidadão comum, pelo contrário, os lojistas são os que estarão contribuindo para a sua segurança e ajudando a população a transitar mais segura pelo Centro da cidade.

O Comandante do 47º BPM destacou ainda as pretensões do projeto, que são:

  • Pretende-se dotar os Policiais Militares de um aparelho celular para que sejam contactados pelos comerciantes em casos de averiguações e soluções de problemas de segurança;
  • Pretende-se implementar o policiamento através de ciclo-patrulhas, de modo a permitir contatos com os lojistas e rápidos deslocamentos pelo trânsito da área central;
  • Pretende-se criar um banco de dados, com fotos e filmagens dos criminosos, para definição do padrão e conhecimento dos modos de ação;
  • Pretende-se a correta instalação de câmeras e botões de pânico, de forma a monitorar e fortalecer a sensação de segurança dos comércios;
  • Não pretende-se substituir o sistema de rádio-patrulhamento e do atendimento emergencial via 190, mas sim será buscado fortalecer a interação comunitária, dando enfase a prevenção, quando os aspectos logísticos, materiais e humanos não são suficientes para desempenhar todas as atividades necessárias, a busca dessa interação e de outros mecanismos que fortaleçam a segurança torna-se necessária.

Segundo Gustavo Ferreira Oliveira, presidente do CDL, o projeto é uma iniciativa da entidade em parceria com a Polícia Militar. Mais de 300 empresas foram visitadas e informadas sobre a Rede, sendo que grande parte delas aderiram e foram instruídos quanto os procedimentos para participação. Sendo que os comércios participantes da Rede terão uma placa de identificação fixada na área externa dos mesmos.

Veja a galeria de fotos:

Fonte e fotos: Guia Muriaé

Confira também

Feijoada em prol da Casa Lar de Muriaé acontece neste domingo

A Feijoada “Amigos do Bem”, que terá recursos revertidos em prol da Casa Lar, acontece …

Um comentário

  1. Parabéns à CDL pelo projeto ,que visa não só a proteção dos proprietários lojistas como também dos consumidores e da população que terá mais segurança em tansitar pelo centro da cidade .

    Também gostaria de parabenizar ao Nélio Araújo , presidente da Associação Pró Desenvolvimento de Muriaé e a todas as instituições que fazem parte da APDM , que HÀ ANOS vem tentando implantar o projeto OLHO VIVO na nossa cidade e até então não haviam tido o devido apoio.

    o PROJETO OLHO VIVO é fruto do trabalho e da preocupação deste grupo incansável e batalhador.
    Parabéns à APDM e que outros projetos venham para melhorar a qualidade de vida dos Muriaeenses.
    SUCESSO !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *