Home / Notícias / Cidade / Muriaé terá Semana de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Muriaé terá Semana de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes


Palestra e caminhada fazem parte da programação da Semana de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Promovido pela Prefeitura de Muriaé e Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), os eventos, que acontecem, respectivamente, nos dias 16 e 18 de maio, vão alertar e conscientizar profissionais da área e população para a temática.

A palestra “A importância do enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e o trabalho em rede” será ministrada pelo promotor da Infância e Juventude da Comarca de Muriaé, Fábio Laureano. Ainda neste dia, a presidente do Conselho Tutelar de Muriaé, Kátia Campos, vai fazer uma apresentação do fluxo de atendimento das crianças vítimas de violência na cidade. Estes eventos acontecerão no dia 16 deste mês, a partir das 8h, no Teatro Zaccaria Marques.




As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até dia 15 pelo link: https://tinyurl.com/yas8zr8x. O público-alvo do encontro são profissionais da saúde, educação e assistência social, estudantes, conselheiros (as) tutelares, profissionais da rede socioassistencial e demais pessoas que atuam no sistema de garantia de direitos ligados à infância e à adolescência.

Já no dia 18 de maio haverá uma caminhada de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Os participantes irão sair às 8h da Praça Coronel Pacheco de Medeiros (praça da antiga Prefeitura), Centro, em direção à Praça João Pinheiro.

Data tem objetivo de mobilizar para defesa de direitos de crianças e adolescentes

O dia 18 de maio é considerado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data foi escolhida como dia de mobilização contra a violência sexual porque em 1973, em Vitória (ES), um crime, conhecido como “Caso Araceli”, envolvendo uma menina de 8 anos comoveu o país. Ela foi raptada, estuprada e morta por jovens da classe média alta daquela cidade. A proposta da ação é sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade para participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

“É preciso garantir que crianças e adolescentes tenham seus direitos garantidos. Essas ações que vamos realizar vão conscientizar os muriaeenses para esse tema, a fim de combatermos juntos o abuso sexual de meninas e meninos. Todos estão convidados a participar conosco dessa luta”, diz o prefeito Grego.

Fonte: PMM

Confira também

Abertas as inscrições de processo seletivo para atuação no PETI em Muriaé

As inscrições de processo seletivo da Prefeitura para contratação de técnicos para o Programa de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *