Obras vão acabar com falta de água no Padre Tiago



As obras de ampliação do abastecimento de água prosseguem no Padre Tiago. A Prefeitura está realizando, na Rua Santa Catarina, um reforço da rede que abastece o reservatório local de 100 mil litros, para aumentar a vazão até as residências e acabar de vez com a falta de água no bairro. A previsão é de que até o final de fevereiro o trabalho, que foi retomado no início de janeiro, seja concluído.

De acordo com o diretor-geral do Departamento de Saneamento Urbano de Muriaé (DEMSUR), Geraldo Júnior, todo o processo foi estudado e analisado antes de ser colocado em prática, para que o abastecimento seja mais eficiente. “No final do ano passado, uma série de medidas foram tomadas para acabar de vez com a falta de água no Padre Tiago, um dos bairros que mais sofria com esse transtorno, principalmente no verão, em que o consumo de água aumenta juntamente a com a temperatura”, informa.




Prefeitura investe para melhor abastecimento em bairros da cidade

Durante o ano, outros projetos serão desenvolvidos em diversos bairros e distritos para evitar esse problema nos locais que ainda sofrem com a falta de água. Em 2017, o Aeroporto foi o primeiro bairro a ser beneficiado. “Acabar com a falta de água em Muriaé tem sido uma das principais metas da nossa gestão. Por isso, estamos trabalhando para que a água chegue a 100% das residências muriaeenses”, afirma.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.