Home / Notícias / Cidade / Peixes morreram por falta de oxigenação em Muriaé

Peixes morreram por falta de oxigenação em Muriaé

A falta de oxigenação, aliada ao aumento da temperatura, fez com que 1,5 tonelada de peixes morressem no Rio Muriaé, apenas no perímetro urbano de Muriaé.

A análise do Departamento Municipal de Saneamento Urbano (DEMSUR), realizada nesta semana, constatou a baixa oxigenação do rio, que foi provocada principalmente pela estiagem que atinge a região, aliado o aumento da temperatura nas águas.

A morte de peixes no rio foi registrada na última segunda-feira (20). Na última terça-feira (21), equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, com apoio da Polícia de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e do DEMSUR retiraram as carcaças dos peixes do rio.




Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1

Confira também

Torneio Curraleiro movimenta propriedades rurais de Muriaé

O Torneio Curraleiro está movimentando as propriedades rurais da cidade de Muriaé Veja outras publicações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *