Pesquisa revela que 65% dos moradores de rua de Muriaé saíram de casa após desentendimentos

Pesquisa revela que 65% dos moradores de rua de Muriaé saíram de casa após desentendimentos

Cerca de 65% dos moradores de rua de Muriaé saíram de casa em decorrência de desentendimentos familiares, segundo uma pesquisa realizada na cidade. Outro dado identificado é que 30% deles estão na rua há mais de 20 anos. Para tentar mudar essa realidade, a Casa Acolhedora promove projetos de inserção social.

A pesquisa também apontou o perfil médio dos moradores de rua na cidade: 80% são homens, e a grande maioria saiu de casa por algum tipo de desentendimento com a família. A maior parte deles têm entre 30 e 55 anos, sendo que 55% não possuem documentos, 75% têm problemas com álcool e 10% algum tipo de distúrbio mental.

O mesmo levantamento aponta que, em Muriaé, há cerca de 40 moradores de rua. No serviço especializado de atenção ao migrante e à população de rua são feitos em média 200 atendimentos por mês.

Assista a reportagem completa da TV Integração:

Fonte: Mega Minas

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Experimentoe o Novo Livre