Prefeitura de Muriaé recuperou 60% das estradas rurais

Pelo balanço apresentado pela Secretaria de Agricultura no mês de julho, 60% das estradas de chão de Muriaé estão recuperadas.

Uma extensa malha de terra, que compreende 2.300 quilômetros, está pronta para receber transporte agrícola e agropecuário, assim como oferecer melhores condições para deslocamento de caminhões de leite, transporte escolar, veículos particulares e motocicletas de moradores da região.

A necessidade de ter estradas de qualidade é uma questão constante durante o ano. Um grande percentual da população reside ou tem propriedades nestas áreas, que são os responsáveis por colocar alimento na mesa das famílias e fomentar a economia do homem do campo.

Para permitir o bom funcionamento dos trechos, sete equipes estão realizando o serviço de nivelamento, limpeza das margens e criação de canaletas para escoamento das águas das chuvas ou possíveis nascentes.

“Nossas estradas estão limpas e oferecendo muito conforto para transitar. O trabalho está sendo feito com atenção e precisão, para que todos os produtores rurais e também comerciantes da pecuária leiteira tenham livre acesso as propriedades”, disse o secretário Adjunto de Agricultura, Fernando Levati.

A manutenção já foi realizada em toda região que envolve o distrito de Vermelho – Águas Claras, fazenda dos Mendes, Sadir Vargas, Zé Gonçalves, Serrinha; Pirapanema – Estiva e Grama; Belisário – Pedra Alta, fazenda dos Cunha, São Tomé; São Fernando à Gameleira e Boa Família, Aldeia I e II; Bom Jesus – Chalé, Três Barras, Belvedere e sentido divisa com Barão do Monte Alto; Patrimônio dos Carneiros – Bom Jardim, Pedra Santa; São João do Glória – Rochedo, Capoeirão, João Dedé; trechos próximos à Pedra Negra, Gameleira/Ivair (Meia Laranja e Gameleira de cima), Capetinga – sentido Clube dos Bancários, entre outros.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo