Home / Notícias / Cidade / Prefeitura e DEMSUR pedem liberação de mais detentos para limpeza urbana

Prefeitura e DEMSUR pedem liberação de mais detentos para limpeza urbana

Na última quarta-feira (11), aconteceu no Centro Administrativo Tancredo Neves, no gabinete do prefeito municipal, uma reunião com o Chefe do Executivo, DEMSUR, Promotoria de Justiça, Juiz Criminal e diretoria da Penitenciária Dr. Manoel Martins Lisboa Junior (PDMMLJ), em pauta, a necessidade do aumento do número de detentos do regime semiaberto que exercem atividades como auxiliares de limpeza em Muriaé. O prefeito Grego abriu a reunião confiante na parceria entre penitenciária e administração municipal. “Conto com o empenho de todos, me sinto confiante no trabalho a ser desenvolvido. É importante desmistificarem também a questão sobre o trabalho realizado pelos detentos, que a população olhe a inserção dos detentos na sociedade com outro olhar” destacou.

A demanda apresentada pelo município foi de 100 detentos, de acordo com Eduardo N.F. de Oliveira, Dir. de Ressocialização da PDMMLJ, setenta e dois deles já se encontram aptos para serem disponibilizados. Para diminuir a burocracia, na liberação do preso na prestação dos serviços, segundo Dr. Adriano Nakashima, Juiz da Vara de Execuções Criminais, será elaborada uma portaria conjunta entre Ministério Público, Prefeitura, Departamento Municipal de Saneamento Urbano – DEMSUR e Penitenciária PDMMLJ. Dra. Jackelyni Rangel falou da importância da parceria e da necessidade de acompanhamento das ações pelo MP. “A parceria é útil devido à necessidade do reeducando trabalhar para reduzir sua pena e ao mesmo tempo agregar ao trabalho executado pela prefeitura. Precisamos de uma fiscalização mais efetiva, apresentação de planilhas mensais para que o Ministério público possa acompanhar o trabalho de forma mais efetiva”, salientou.




Para Geraldo Junior, Dir. Geral do DEMSUR, o pedido de aumento de detentos vem para atender a demanda de bairros que é grande para um número reduzido de equipes que a autarquia dispõe para realizar o serviço de limpeza urbana no município. “A demanda de bairros é grande, precisamos dar mais agilidade no serviço. Aumentando o número de reeducandos na prestação de serviços na limpeza urbana, será possível montar equipes para executar serviços em diferentes regiões da cidade simultaneamente, atendendo a limpeza dos bairros com mais eficiência” pontuou o diretor.

Questões de logística como deslocamento até as áreas das atividades, veículo para o transporte, supervisão das equipes também foram discutidas. A próxima reunião está marcada para daqui a dois meses.

Participaram da reunião




Ioannis Konstantinos Grammatikopoulos – Prefeito Municipal (Grego), Geraldo Vergilino de Freitas Junior – Dir.Geral DEMSUR, Dra. Jackeliny Ferreira Rangel – Promotora de Justiça da Comarca de Muriaé, Dr. Adriano de Pádua Nakashima – Juiz da Vara de Execuções Criminais, Maria da Consolação Tanus Pampolini Freitas – Diretora Geral do Presídio PDMMLJ), Eduardo Nonato Freitas de Oliveira –Dir. de Ressocialização, Dr. Ricardo Resende Dersan- Procurador Jurídico do Município, Sérgio Soares Duarte – Sec. de Administração, Mário Sérgio Chaves Nogueira – Assessor do Sec.de Administração, Renato Bernardes – Dir. Administrativo DEMSUR e Alcemar Felizardo – Coord. de limpeza Urbana DEMSUR.

O convênio




O convênio faz parte de uma iniciativa entre administração municipal e Penitenciária Doutor Manoel Martins Lisboa Junior-PDMMLJ. A seleção dos presos é feita pela penitenciária que seleciona detentos do regime semiabertos aptos e qualificados, próximos ao fim da pena, para os serviços cuja demanda é apresentada pela prefeitura. O Convênio é válido por 12 meses, podendo ser prorrogado por período equivalente.

Fonte: DEMSUR

Confira também

Paraibuna Transportes abre vaga de emprego em Muriaé

A Paraibuna Transportes divulgou uma nova oportunidade de emprego em Muriaé. A vaga é para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *