Umidade do ar atinge 17% em Muriaé e secura chega a níveis de deserto

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou, na tarde desta segunda-feira (13), índice de umidade relativa do ar de 17% em Muriaé. A baixa umidade está próximo ao nível da umidade do deserto do Saara, que possui uma média entre 10% e 15% de umidade. A temperatura máxima registrada foi de quase 39ºC.

A baixa umidade relativa registrada na cidade está no nível de “alerta”, segundo classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS). O estado de “alerta” é quando se registra umidade entre 12 e 20%. Neste caso, a OMS recomenda os seguintes cuidados: Observar as recomendações do estado de atenção; Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas; Evitar aglomerações em ambientes fechados; Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Com o tempo seco e a falta de chuvas, durante boa parte dos últimos dias a umidade na cidade tem ficado na faixa de 21 e 30%, que a OMS classifica como estado de “atenção”. A OMS recomenda, neste caso, evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas; Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.; Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc; Consumir água à vontade.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo