Primeira turma do Projeto “Inovar para Acertar” recebe certificado de formatura

Alunos da primeira turma do “Inovar para Acertar – Construindo um novo caminho” se formaram no projeto e agora estão com o ritmo normal de aprendizagem para que possam, então, avançar nos estudos na idade correta.

A entrega dos certificados aconteceu na noite de segunda-feira (16), no Teatro Zaccaria Marques, com a presença de familiares, amigos e equipe da Secretaria Municipal de Educação. Criado em 2019, o projeto oferece oportunidade de readequação da vida escolar e de preparação para o futuro para dezenas de jovens muriaeenses.

A iniciativa, desenvolvida com o apoio do Ministério Público de Minas Gerais, pretende evitar a chamada evasão escolar – ou seja, o abandono dos estudos e a distorção idade/ano de escolaridade. Ao todo, 39 adolescentes matriculados entre o 6º e o 9º ano em escolas da rede municipal tiveram a chance de adaptarem sua idade à série que deveriam estar cursando e foram aprovados para cursarem o Ensino Médio.

“No final de 2017, ficamos muito preocupados com o número de abandono escolar e reprovações. Isso foi dando uma situação de atraso da idade escolar desses estudantes. Em 2018 fizemos o levantamento e tínhamos 110 alunos a serem atendidos. Já no início deste ano, o promotor da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Muriaé, Fábio Lauriano, nos chamou para ver o que poderíamos fazer para reverter esta situação e, então, criamos este projeto juntamente com a Faculdade Santa Marcelina e o Ministério Público”, explica a secretária da pasta, Maria da Conceição Rodrigues de Souza, a Nininha.

As aulas aconteceram de junho até dezembro, no Centro Educacional Dom Delfim, na Barra, com quadro curricular formada por aulas de português, inglês, matemática, ciências humanas e da natureza, além de oficinas profissionalizantes.

Nininha fez um balanço positivo deste primeiro ano do projeto. “Tivemos um resultado excelente, com os estudantes adaptados e criando laços de amizade. Os professores conseguiram chegar ao final com esta turma unida e pronta para cursar o Ensino Médio. A nota que dou para o projeto é de excelência. Conseguimos o nosso objetivo. Agora estamos procurando outras instituições para que estes estudantes tenham oportunidade de participarem de cursos profissionalizantes”, avalia a secretária, adiantando que a iniciativa prossegue em 2020, com expectativa de atender mais 40 alunos.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo