Home / Notícias / Educação / Seminário “Terra, Água e Espiritualidade” é realizado na Unidade Rural do IF Muriaé

Seminário “Terra, Água e Espiritualidade” é realizado na Unidade Rural do IF Muriaé

No sábado, dia 2 de abril de 2016, a Unidade Rural Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (Campus Muriaé) sediu o 1º Seminário “Terra, Água e Espiritualidade”. Através de mesas de debates e da participação dos envolvidos, o Seminário conseguiu colocar em debate a relação sociedade-natureza, o que se desdobrou na reflexão sobre diferentes modelos de desenvolvimento em suas dimensões econômicas, políticas, sociais, culturais e ambientais.

Segundo o professor Lucas Magno, um dos organizadores do evento, o seminário foi dividido em dois momentos, sendo o primeiro deles composto por uma mesa de debatedores que discutiram o tema “Conflitos Ambientais, violação de diretos e a questão hídrica na Zona da Mata mineira” , cujo objetivo era compreender as ameaças a nossa região. Dentre tais ameaças, foram enfocados o avanço da mineração de bauxita, o uso intensivo de agrotóxicos e os direitos das comunidades rurais. e contou com a contribuição de palestrantes das áreas da saúde, engenharia e direito das Universidades Federais de Minas Gerais e de Juiz de Fora. Já o segundo momento do evento, este direcionado para visibilizar alternativas sustentáveis de desenvolvimento rural, denominou-se “Agroecologia, saúde alternativa e sustentabilidade: por uma terra sem males”. Neste espaço participaram professores da Universidade Federal de Viçosa e o assessor institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (SEDA).




Durante o intervalo de almoço aconteceram ainda as demonstrações de experiências agroecológicas já desenvolvidas na região, onde os participantes puderam compartilhar saberes através de depoimentos, além de sabores, na feirinha que foi instalada no pátio da Unidade Rural. Ainda no intervalo ocorreu uma atividade cultural que resgatava a história local da agricultura familiar em sua transição agroecológica.

Mais de 170 pessoas de nove municípios diferentes participaram do seminário. O evento foi uma realização do Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA) e do Centro de Análise Socioambiental (CASA) do IF Sudeste MG em parceria com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Muriaé, Rosário da Limeira e Barão de Monte Alto, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Miradouro e Centro Alternativa de Formação Popular Rosa Fortini.

Fonte: IF Muriaé




Confira também

Alunos da rede municipal se destacam em “bolsões” de escolas particulares em Muriaé

Nove estudantes de seis escolas da rede municipal de ensino foram aprovados em “bolsões” de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *