Bailarino muriaeense conquista 1º lugar em Festival Arte de Minas



O bailarino muriaeense, Walleyson Malaquias, participou do Festival “Passo de Arte Minas”, no Teatro SESI Minas, em Belo Horizonte, e conquistou, no último dia 4, o 1º lugar na categoria “Solo Livre Avançado”.

O profissional de balé contemporâneo é ex-aluno da escola de dança da Prefeitura Muriaé, e, por meio da Fundarte, recebe Bolsa de Incentivo à Cultura, oferecida pela Lei Municipal Alcyr Pires Vermelho. O auxílio incentiva jovens e amantes da cultura, oferecendo apoio financeiro para o crescimento profissional.

A coreografia “Redescobrir” foi criada pela professora da Escola de Dança Jorge Barroca/Muriaé, Janaina Frade. Representando o Círculo da Dança de Belo Horizonte, com a direção de Miriam Tomich, Walleyson recebeu a indicação de “Melhor Bailarino” do festival, conquistando uma premiação especial concedida pelo Corpo de Jurados.




– Estamos lisonjeados em ter um jovem de nossa cidade participando de um evento de tanta importância em termos nacionais. Este festival envolve nomes clássicos do balé brasileiro, possuindo ainda uma banca examinadora competente para realizar julgamentos sobre dança. É investindo na cultura e na educação que pretendemos incentivar, cada vez mais, grandes talentos como o Malaquias – enalteceu o prefeito Grego.

Walleyson Malaquias iniciou sua formação na área da dança como aluno da Escola Municipal de Dança Jorge Rodrigues Barroca entre os anos de 2010 e 2014. Em 2015, foi selecionado na audição do “Grupo Experimental de Danças” da ONG Corpo Cidadão, passando a residir em Belo Horizonte, com o apoio da Bolsa de Incentivo à Cultura da Lei “Alcyr Pires Vermelho”.

Nos últimos tempos, ingressou no Curso Profissionalizante de Dança do Centro de Formação Artística e Tecnológica da Fundação Clóvis Salgado, no Palácio das Artes, que concluirá no final deste ano. No próximo dia 10, irá com o grupo para São José dos Campos (SP), para a noite de encerramento do 29º FESTIDANÇA, onde irão apresentar as coreografias “Notório” e “Ritos”, de Alessandro Pereira.

Fonte: PMM / Foto: Raphoto – Reginaldo Azevedo

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.