“Empate no final da partida foi frustrante”, diz o técnico do Nacional

Após começar perdendo a partida contra o Funorte e virar o jogo para 2 a 1, ceder o empate aos 44 minutos do segundo tempo foi frustrante para o Nacional Atlético Clube (NAC), que poderia ter assumido a liderança do hexagonal final da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro.

Ainda assim, o técnico Márcio Pereira (foto) não considerou o resultado ruim. “Fomos até Montes Claros para vencer, mas enfrentamos um calor muito forte e um campo muito ruim. Não vejo razão para ficarmos tristes com o resultado. Ia ser uma vitória importante. No entanto, em um todo, temos que agradecer. Não foi um jogo fácil. Agora é seguir em frente. Estamos com chances”, analisou, em entrevista ao Globo Esporte.

Ao término da quarta rodada, o Funorte segue na liderança do hexagonal final, com 8 pontos, o Uberaba é o vice-líder, com 7 pontos, mesma pontuação do NAC, que tem saldo de gols inferior. O FC Betinense segue na lanterna, com um ponto.

Jogos da próxima rodada, dia 8 de novembro, todos começando às 17h: CAP Uberlândia x Funorte, no Parque do Sabiá, em Uberlândia; Valeriodoce x Uberaba, no Israel Pinheiro, em Itabira; FC Betinense x Nacional, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

O Nacional iria voltar a jogar em casa no dia 16 de novembro, quando receberia o FC Betinense no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, porém a diretoria já entrou em contato com a Federação Mineira de Futebol (FMF) para adiar a partida para o dia 17 de novembro, já que no dia 16 de novembro está previsto a realização da final da Série D do Campeonato Brasileiro no estádio, a partida entre Tombense e Brasil de Pelotas (RS).

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre