Home / Notícias / Esportes / Federação defende árbitro de Rosário da Limeira que sacou arma de fogo em partida de futebol

Federação defende árbitro de Rosário da Limeira que sacou arma de fogo em partida de futebol

A Federação Mineira de Futebol (FMF) defendeu o árbitro Gabriel Murta, natural de Rosário de Limeira, que sacou uma arma de fogo após ser agredido durante uma partida de futebol amador no último fim de semana em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o presidente da Comissão de Arbitragem da FMF, Giuliano Bozzano, informou que ficou decidido que Murta não será punido pelo incidente. Giuliano Bozzano ainda defendeu Gabriel Murta e disse que o árbitro será indicado para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao final do ano.

“Achamos que ele agiu de maneira razoável, em legítima de defesa. Logicamente lamentamos que isso tenha acontecido. Ele é policial militar e vimos também que ele não fez nada diferente do que aquilo que recebeu no treinamento da PM”, disse. “Ele é um árbitro muito bom, uma pessoa ótima. Infelizmente, o campeonato amador tem situações muito complicadas por aqui”, completou.




A FMF informou que, embora não organize o campeonato, faz a indicação de árbitros para apitar as partidas do torneio. Giuliano Bozzano relatou, ainda durante a entrevista a Folha de S.Paulo, que há diversas reclamações de árbitros sobre a falta de segurança em campos de futebol do amador. Recentemente, agressões e linchamentos foram registrados na federação.

Gabriel Murta faz parte do nível mais alto do quadro de juízes do Estado (Ouro FMF) e já apitou diversas partidas em Muriaé e região.

Confira a reportagem completa aqui.




Fonte: Guia Muriaé




Confira também

NAC suspende atividades por conta do coronavírus

O Nacional de Muriaé comunica que a partir desta sexta-feira (20) as atividades do futebol …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *