Home / Notícias / Governo / Câmara de Muriaé discute educação municipal e manutenção do SESC

Câmara de Muriaé discute educação municipal e manutenção do SESC

Foto: Guia Muriaé
A sessão da Câmara de Muriaé da última terça-feira (17) contou com entrega de moções a professores destacados do município e de uma longa discussão sobre o Plano Decenal da Educação, tratado pelo projeto de Lei nº 150 que seria votado nessa noite.

Também teve a participação do representante dos pais de crianças atendidas pelos programas do SESC. Ele pediu apoio das autoridades para que a unidade de Muriaé não seja fechada.

Professores são homenageados com moções de aplausos




A vereadora Helena Carvalho (MDB) condecorou com Moções de Congratulações e Aplausos os professores Afonso Moreira Cabral e Laiza Aparecida Aguiar Abreu Lima de Paula.

Afonso Cabral recebeu sua moção ao lado de sua esposa Ângela, com a participação especial do secretário municipal de Agricultura de Muriaé, Manoel Carvalho. Natural de Brás Pires (MG), o professor vive em Muriaé desde 1979, tendo atuado de forma brilhante nas escolas São Paulo, CEM, Equipe, Santa Marcelina; nas escolas estaduais Prof. Gonçalves Couto, Dr. Silveira Brum, Desembargador Canedo e Capitão José Ferreira; e nas escolas municipais Sebastião Laviola, José Tanus Braz, Candido Portinari e Cléria Ticon Carneiro. Uma vida de conquistas e de dedicação ao oficio de ensinar.

Já Laiza de Paula é professora da rede municipal há 26 anos, sendo que 21, foram dedicados ao bairro São Pedro, estando hoje atuando como vice-diretora da Creche Zuleima César de Araújo. Segundo Helena, com coragem, garra, trabalho e amor ela vem construindo uma trajetória louvável na educação municipal, que merece o reconhecimento do legislativo de Muriaé.




Plano Decenal e fechamento do SESC dominam a reunião

Dois temas praticamente dominaram a sessão da semana da Câmara de Muriaé: educação municipal e SESC.




O primeiro, diz respeito ao projeto Lei Nº 150, do Executivo Municipal, que propõe alterações no Plano Decenal da Educação Municipal. Durante a manhã da segunda-feira (16), professores e integrantes do Sind-UTE reuniram-se com os vereadores Helena Carvalho (MDB) e Jair Abreu (PT), membros Comissão de Educação da Câmara, Miriam Facchini (PSDB) e com o presidente da Câmara, David Lacerda (DEM), propondo encontrar com representantes da Secretaria Municipal de Educação para discutir melhor essas mudanças. Por isso, ficou acordado entre Executivo e Legislativo a retirada do projeto de pauta, já que seria votado nesta terça.

Durante a sessão, Wesley de Souza Rodrigues, do Sind-UTE, apresentou o posicionamento da entidade diante das mudanças apresentadas no projeto, mostrando o descontentamento com a forma com que o processo se desenvolveu, segundo ele, sem a participação ampla dos professores. Vários vereadores se posicionaram sobre o projeto, dentre eles, o presidente David Lacerda, Reginaldo Roriz e Jair Abreu. O projeto segue na Casa em estudo pela Comissão que avalia a possibilidade de convidar um representante do Executivo para esclarecer sobre as mudanças propostas.

Já Francisco Martins de Assis, representante de Pais de Crianças Atendidas pelo SESC/Muriaé, fez uso da tribuna para solicitar empenho do legislativo na luta para que esta unidade do município não seja fechada, deixando de atender diversas crianças por meio dos projetos sociais que a entidade possui; sem esquecer do espaço, que possui uma das mais estruturadas áreas de lazer e hospedagem da região. Os vereadores Dr. José Carlos, Miriam Facchini e Helena Carvalho se uniram a causa, defendendo a importância da unidade do Sesc em Muriaé que, além dos benefícios citados, é uma grande empregadora de Muriaé.

Fonte: CMM

Confira também

Câmara de Muriaé discute questionamento de servidor municipal e entrega moções

A sessão de terça-feira (8) da Câmara de Muriaé teve como destaque a discussão sobre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *