Comissão Especial das Enchentes trabalha realizando diagnóstico do problema em Minas Gerais

Deputados aprovaram requerimento visando prorrogar por 30 dias os trabalhos da Comissão Especial das Enchentes

A Comissão Especial das Enchentes da Assembleia Legislativa de Minas Gerais trabalha desde o final de junho acompanhando as obras de reconstrução das áreas afetadas pelas enchentes e preparando propostas para o enfrentamento dos problemas decorrentes do excesso de chuvas no Estado.

O objetivo é avançar no conhecimento do problema e na proposição de recomendações para minimizar as inundações no Estado. A Comissão Especial das Enchentes foi criada para acompanhar as obras de reconstrução das áreas afetadas pelas enchentes e apresentar propostas para o enfrentamento dos problemas decorrentes do excesso de chuvas no Estado.

As reuniões da comissão começaram no final de junho, com a finalidade de buscar soluções e visando prevenir ou minimizar o impacto de inundações, para evitar a ocorrência de eventos desastrosos como os ocorridos no último verão. Na ocasião, várias cidades mineiras, entre elas diversos municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, incluindo a Capital, sofreram graves prejuízos com as cheias.

Também é objetivo da comissão apurar o que foi feito pelas autoridades para enfrentar o problema nos últimos cinco anos, subsidiando assim um diagnóstico destinado a orientar ações mais efetivas por parte da União e do Governo do Estado pelos próximos dez anos.

Histórico

A comissão surgiu após requerimento do Deputado Alencar da Silveira Jr, requerimento este aprovado em 09/02, porém só em 20/06 foi formada a comissão que é composta pelos seguintes deputados: Arlen Santiago (Presidente), Gustavo Corrêa (Vice-Presidente), Dalmo Ribeiro Silva (Efetivo), Doutor Wilson Batista (Efetivo), Pompílio Canavez (Efetivo); Membros Suplentes – Sebastião Costa (Suplente), Délio Malheiros (Suplente), Gustavo Perrella (Suplente), Juninho Araújo (Suplente) e Ulysses Gomes (Suplente).

A primeira reunião ordinária da comissão foi realizada em 05/07. Em 11/09 o plenário aprovou a prorrogação do prazo de funcionamento da comissão por mais 30 (trinta) dias (inicialmente o prazo era de 60 (sessenta) dias).

O histórico completo da comissão pode ser consultado no link abaixo:

http://www.almg.gov.br/atividade_parlamentar/comissoes/especiais/interna.html?idCom=933&tipoComEsp=0&leg=17

Fonte: Guia Muriaé, com informações da Assemblleia Legislativa de Minas Gerais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre