Home / Notícias / Governo / Listar origem de carnes a granel pode ser obrigatório

Listar origem de carnes a granel pode ser obrigatório

Proposta que pretende obrigar que frigoríficos mantenham atualizados e disponíveis aos consumidores sua lista de fornecedores de carnes recebeu parecer pela constitucionalidade na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na manhã desta terça-feira (7). O Projeto de Lei (PL) 156/15 é de autoria do deputado Fred Costa (PEN) e tramita em 1º turno. A matéria ainda deve ser analisada pelas comissões de Defesa do Consumidor e do Contribuinte e de Fiscalização Financeira e Orçamentária.

O relator, deputado Leonídio Bouças (PMDB), ressaltou em seu parecer que, apesar de o Código de Defesa do Consumidor regulamentar o direito de informação com destaque para as embalagens, não há regras nesse sentido que tratem dos produtos que são vendidos a granel, como as carnes em frigoríficos. “A origem é desconhecida pelo consumidor, o que ofende seu direito de livre escolha no mercado de consumo, bem como pode violar o seu direito à saúde. Vislumbra-se, assim, uma importante lacuna na legislação vigente”, salienta o parecer que opinou pela legalidade da matéria na forma apresentada.




Fonte: ALMG

Confira também

Câmara de Muriaé aprova projeto que beneficia população acamada com exames clínicos na residencia

Na sessão da Câmara desta terça, dia 18, foram aprovados três projetos, dentre eles o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *