Home / Notícias / Governo / Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores

Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores

Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores




Reportagem publicada hoje (06) no jornal O Tempo informou que, em contato com o prefeito de Muriaé, José Braz, o mesmo garantiu a reportagem do jornal que não irá sancionar o texto, que aumenta o salário do prefeito, vice, secretários e vereadores a partir da próxima legislatura, em 2013.

Porém, o prefeito não disse se irá vetar ou deixar o prazo de análise se encerrar, o que faria a responsabilidade sobre a aprovação da lei voltar para a Câmara Municipal. Em caso de veto, a Câmara poderá derrubá-lo.

O projeto de lei foi aprovado no último dia 25 de junho em reunião da Câmara Municipal. O reajuste dos salário dos vereadores ficou em 38%. Já o reajuste dos salários do prefeito, vice e secretários ficou em 20,3%.

De acordo com os valores confirmados por Edmar Rodrigues, Secretário Municipal de Administração, veja os salários atuais e como ficarão com o aumento aprovado:

  • Prefeito = R$ 21.400,30 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 25.744,56
  • Vice-Prefeito = R$ 10.700,02 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 12.872,12
  • Secretário = R$ 8.583,64 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 10.326,12
  • Diretor de autarquias = R$ 8.583,64 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 10.326,12

Segundo informações da secretaria da Câmara: Os vereadores recebem atualmente R$ 7.074,00 com o aumento o vencimento será de R$ 9.691,00.

Vale lembrar que o presidente da Câmara Municipal (durante o exercício da presidência) recebe o dobro do salário do parlamentar.

Obs.: Todos os valores informados acima são brutos.

Fonte: Guia Muriaé
Foto: UOL
Cópia permitida apenas a sites parceiros

Confira também

Projeto de lei torna Belisário patrimônio hídrico de Muriaé

Deu entrada na Câmara Municipal de Muriaé um projeto de lei que institui o distrito …

3 comentários

  1. Renato Sigiliano

    Completamente previsível. Aliás, o prefeito não faz mais que a obrigação em vetar o aumento, completamente descabido. O problema é que, mesmo sem o reajuste, ele, os secretários e vereadores continuam com salários altíssimos. Se a presidente Dilma ganha R$ 26 mil pra dirigir o Brasil, porque o prefeito de Muriaé ganha R$ 21 mil para ‘desgovernar’ Muriaé?

  2. Eu acho que se não estão satisfeitos com o salario (que já é muito pra o pouco que eles fazem) deveriam pedir demissão e ir trabalhar de verdade. Cambada de burguês.

  3. Po, se o cara aprova o povo reclama, se o prefeito veta, o povo ele diz que ele faz mais que a obrigação. É muito dificil em…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *