Presidente do Legislativo Municipal recebe Plano de Cultura de Muriaé



Presidente do Legislativo Municipal recebe Plano de Cultura de Muriaé

O Plano Municipal de Cultura foi entregue ao presidente da Câmara, Vander Gonçalves (Vandim), no IV Fórum Regional de Cultura de Muriaé, para que seja aprovado pelos vereadores. A iniciativa envolve a proteção dos patrimônios Culturais, a comunicação – no incentivo de rádios comunitárias, a criação de grupos de difusão cultural, inclusão da cultura no quadro curricular das escolas entre outras atividades.




O evento que aconteceu no Teatro Zaccaria Marques reuniu autoridades municipais, estaduais e federais. Estiveram presentes o prefeito José Braz, o deputado federal Renzo Braz, a secretária de Estado da Cultura Eliane Parreiras, o secretário de Estado de Esportes e Juventude Bráulio Braz, a superintendente de Interiorização da Secretaria de Estado da Cultura, Fátima Trópia, a representante do MINC, Cesária Macedo, a superintendente da Fundarte Gilca Napier, o representante do Sebrae, Agmar Campos, a responsável pelo departamento cultural da Energisa, Mônica Botelho e o idealizador do projeto Fábrica do Futuro, César Piva.

Para Vandim, a proposta estabelecida no Fórum é de primeira grandeza para o desenvolvimento da vida cultural da sociedade muriaeense. Segundo ele, Muriaé precisava com urgência de fomentar o desenvolvimento sócio-econômico-cultural.

É como exaltou o presidente do Legislativo Municipal: “Precisamos valorizar as artes eruditas e as artes populares porque é assim que divulgamos os nossos valores e a nossa cultura pela região e pelo país”, declarou ele, após tomar em mãos o Plano, acrescentando, ainda, que os vereadores têm a função de contribuir com o incremento das ações culturais, seja na solicitação de verbas, ou na aprovação dos projetos.

No mesmo momento, a superintendente da Fundarte Muriaé, Gilca Napier, lançou o Consórcio Intermunicipal de Cultura com o objetivo de realizar, a cada dia mais, eventos no município. O programa vem sendo preparado desde 2005 e, agora, em 2012, a plataforma de trabalho ficou pronta para ser desenvolvida. Toda esta engendragem faz parte de um projeto do estado que incentiva a cada região a reacender os folclores, as danças, artesanato e as culturas de raiz, como forma de enaltecer a multiplicidade artística do povo mineiro.

Fonte: Câmara Municipal

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.